Wallace, ao centro, do Sada Cruzeiro  (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Wallace, ao centro, do Sada Cruzeiro (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

RADAR/LANCE!
04/03/2016
15:51
Contagem (MG)

Amigos fora de quadra, os opostos Wallace e Théo estarão de lados opostos neste sábado pela décima rodada do returno da Superliga Masculina de vôlei. Os dois representarão o Sada Cruzeiro (MG) e o Sesi-SP, respectivamente, que se encontram às 21hh30, no Ginásio do Riacho, em Contagem (MG).

Companheiros de clube na temporada 2007/2008 e depois, novamente, na seleção brasileira, os dois fizeram questão deixar a rivalidade de lado e trocaram elogios.

- O Théo é um super jogador. Eu brinco com ele falando que é meu ídolo. Admiro muito o Théo como jogador e pessoa. É um atleta que em bloqueio muito pesado. Os adversários sofrem muito com isso. Está fazendo uma boa Superliga, voltando a boa forma, atacando super bem, bloqueando como sempre bloqueou e temos que ter cuidado para não enfrentar esse bom bloqueio dele - destacou Wallace, que jogou com Théo no extinto Santander, em 2007, falando também sobre a qualidade da equipe defendida pelo amigo.

- Todo o time do Sesi-SP preocupa. Eles têm um grupo forte, com jogadores experientes e acostumados a enfrentar partidas difíceis. Nosso time está preparado para um jogo bastante disputado, mas, com o apoio da nossa torcida, vamos buscar mais esses três pontos - acrescentou Wallace.

O pensamento é praticamente o mesmo pelo lado do Sesi-SP. O oposto Théo também desataca os pontos fortes do adversário deste sábado.

- O Wallace é um jogador que decide muitos jogos para o time do Sada Cruzeiro. É muito difícil de ser marcado no ataque e tem uma grande variedade de golpes, além de poder decidir no saque também. Temos um bom contato, nos damos muito bem, mas sei o quanto ele pode complicar o nosso time - brincou Théo.

No entanto, o oposto do Sesi  sabe que a preocupação não pode ser apenas com um jogador, mas, sim, com toda a equipe rival, que lidera a classificação da Superliga, com 51 pontos.

- É difícil achar pontos fracos na equipe deles. Individualmente, é uma grande equipe também. E em um dia com todos jogando bem é complicado ganhar deles. Estamos nos preparando bem e vamos entrar em quadra confiantes, mas sabemos que jogar contra o Sada Cruzeiro, e na casa deles, é uma tarefa complicada - concluiu Théo.

O Sada Cruzeiro, líder da competição, soma 17 vitórias em 20 jogos disputados, enquanto o Sesi ocupa a quarta colocação, com 37 pontos.