Vasco x Vila Nova

(Foto: Armando Paiva/AGIF/LANCE!Press)

LANCE!
30/08/2016
23:08
Rio de Janeiro (RJ)

A terceira derrota do Vasco em São Januário na Série B, que aumenta a sequência sem vitórias (agora já são cinco!), tirou a paciência dos pouco mais de dois mil pagantes presentes no duelo contra o Vila Nova nesta terça-feira. Ainda no primeiro tempo vaias para o volante Diguinho, que voltou a falhar pela terceira partida seguida.

No apito final, o alvo foi o técnico Jorginho, que pela primeira vez em pouco mais de um ano no comando do Cruz-Maltino, foi chamado de burro pelas escolhas que fez na partida.

Na própria saída de campo poucos jogadores quiseram falar com a imprensa. Os zagueiros Luan e Rodrigo, por exemplo, foram direto para o vestiário. O lateral-direito Yago Pikachu, por sua vez, foi um dos poucos que falaram sobre o resultado negativo dentro de casa.

– Time tentou desde o início o gol, mas foi muito mal no primeiro tempo. Tentamos de todas as formas o empate, mas pecamos nas finalizações – afirmou o lateral-direito.


Já o atacante Éderson reconheceu o mau momento do Vasco na temporada e entendeu as críticas vindas das arquibancadas:

– A nossa sequência é ruim. O torcedor está no direito – disse.

Quem ainda teve algum motivo para comemorar foi o jovem Douglas Luiz. O jogador, que teve bom desempenho contra o Tupi, marcou um golaço, o primeiro como profissional.

- Graças a Deus fui feliz no chute e pude marcar o gol. Vou seguir trabalhando para seguir no time titular.(Sequência sem vitórias) É assim mesmo, acontece,
vamos trabalhar porque sábado tem mais - disse.

Com o resultado, o Vasco viu a diferença para o Atlético-GO cair para três pontos, enquanto para o Brasil de Pelotas, quinto colocado, agora é de cinco. Contra o Bahia, sábado, às 16h30 (de Brasilia), Jorginho não terá o zagueiro Luan, suspenso. Por outro lado, o meia Andrezinho retorna de suspensão. A grande dúvida será quanto ao retorno de Nenê, que não atuou nos dois últimos jogos do Cruz-Maltino.