Martin Silva - Vasco

Martin Silva acredita em Vasco mais forte no segundo turno do Brasileiro (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Hugo Mirandela
17/08/2017
15:32
Rio de Janeiro (RJ)

Após 20 rodadas, o Vasco terá pela primeira vez sua força máxima na partida contra o Bahia, neste domingo, pelo Brasileirão, se nenhum problema por lesão acontecer nos treinos até lá. Para o goleiro Martin Silva, isso dá uma confiança a mais para o grupo depois de o time sofrer com lesões e suspensões. Na visão do uruguaio, assim o Cruz-Maltino pode ser mais regular e mais forte no segundo turno da competição.

- Dá uma tranquilidade de confiança ter todas as peças. Ainda não encontramos o 11 titular porque sofremos com lesões e suspensões. Não conseguimos entrosamento para sermos mais regulares. Acho que agora podemos ser muito mais fortes no segundo turno - disse o camisa 1, em coletiva após o treino desta quinta-feira.

Para o goleiro, uma prova da evolução da equipe são os resultados fora de casa. Nas últimas partidas como visitante, o Vasco perdeu apenas um jogo. Antes do empate com o Coritiba, na 11ª rodada, o time tinha perdida todas longe dos seus domínios. Martin disse que agora está melhor atuando fora e acredita que pode sair com os três pontos de Salvador.

- Acho que precisávamos de um pouco mais de tempo. Chegaram muitos jogadores novos. Demoramos a ter entrosamento. Agora somos mais fortes fora de casa, e temos esse jogo importante contra o Bahia. Sabemos que será um jogo difícil, mas estamos com confiança para sair com a vitória - comentou Martin, minimizando o fato de o Vasco ter a pior defesa do Brasileirão.

- É um detalhe importante, estamos corrigindo. Acho que melhoramos. Mas não podemos só olhar os números contra, mas estamos à frente de muitos na pontuação, que é a mais importante. Sofremos muitos gols de pênalti e não tivemos a favor. Também tiveram jogo atípicos, contra o Palmeiras e Corinthians, em que levamos muitos gols. Tirando o jogo contra o Palmeiras e Corinthians, fomos bem na defesa - afirmou.

Martin disse que ainda não tem nenhuma evolução quanto a sua renovação com o clube. No entanto, o goleiro deixou claro que isso pode ser resolvido mais para frente, já que ele ainda tem vínculo até o fim de 2019. Ele destacou que as duas partes tem o interesse de estender o compromisso e tem tudo para um final feliz.

- Ainda não tem novidade. O clube vai se pronunciar depois. É uma coisa mais para frente. Estamos tranquilos, as duas partes estão pensando do mesmo jeito. Vai ter um final feliz.