gm

Sixteen Tons venceu com sobras a melhor carreira da semana no turfe carioca - Foto: Gerson Martins

Fernando Lopes
01/08/2016
20:14

Único ganhador clássico do campo (dono de quatro carreiras clássicas em seu cartel) e sétimo colocado no Grande Prêmio Brasil deste ano, chegando a dar impressão de vir brigar pelo triunfo, Sixteen Tons não encontrou problemas para vencer a Prova Especial Hamdam. Animal que foi líder de sua Geração e permaneceu invicto em suas três primeiras atuações (todas na esfera nobre – a saber: GP Mario de Azevedo Ribeiro e Clássicos Hernani de Azevedo Silva e José Calmon) e que não escolhe pista para correr bem, Sixteen Tons aos poucos está reencontrando seu melhor padrão.

A carreira, atração maior da semana de turfe no Hipódromo da Gávea, foi realizada em 1.900 metros, pista de areia leve. Reservada a produtos de 4 anos e mais idade, sete competidores alinharam e tiveram excelente largada. Voluntariosa, a única fêmea do campo, Efervescente assumiu o comando das ações, seguida de perto por Peter Luger, Sixteen Tons e Departure Time. Questor Maximus, Incomoe Zig e Baita Alegria ficavam um pouco mais afastados. Sempre vigiada por Peter Luger, Sixteen Tons e Departure Time, Efervescente puxava o ritmo. Incomoe Zig, na grande curva já começava a proximar-se dos primeiros.

Em plena reta final, na hora da decisão, logo Efervescente deu por encerrada sua missão, dominada por Peter Luger, que chegou a dar impressão de que poderia ser vencedor. Todavia, categoria é categoria e há de se respeitar. Ajustado por Wesley da Silva Cardoso, em grande fase na carreira, Sixteen Tons engrenou, dominou Peter Luger e abriu vantagem para o disco, em êxito dos mais convincentes. Mesmo muito atacado por seu companheiro Departure Time, Peter Luger conseguiu segurar a formação da dupla. Incomoe Zig e Questor Maximus completaram o placar remunerado. Baita Alegria não fez jus ao nome e terminou descolocado, assim como Efervescente, que esmoreceu e fechou a raia.

Preparado no Centro de Treinamento Vale da Boa Esperança pelo sensacional Dulcino Guignoni, Sixteen Tons é um 4 anos, filho de Pioneering e Swweet Mind, por Baligh, criado pelo modelar Haras São José da Serra e defensor (pela 1ª vez em sua campanha) do Stud São José dos Bastiões. Na sua sexta conquista, em 16 performances, Sixteen Tons parou os cronômetros em 2min02s26.