Bauza em treino do São Paulo

O técnico Edgardo Bauza, em treino no CT do São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Marcio Porto
16/06/2016
18:20
São Paulo (SP)

Já sem saber que não poderá contar com o uruguaio Diego Lugano, suspenso, na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Edgardo Bauza aproveitou o treino desta quinta-feira para trabalhar melhor seus jovens zagueiros. Depois da atividade para o grupo, o treinador comandou uma específica voltada apenas para Lyanco, de 19 anos, e Lucão, de 20.

O treino consistia em aperfeiçoar o domínio dos jogadores com o "pé ruim", no caso o esquerdo. Eles recebiam a bola na entrada da área, cortavam para a lateral esquerda e precisavam lançar de longa distância com o pé que não é o forte - os dois são destros. No treino, Lucão teve melhor aproveitamento.

O defensor mais experiente teve mais facilidade para fazer os lançamentos longos e arrancou elogios do auxiliar Di Leo, argentino assim como Bauza. Lyanco começou mal e se irritou com ele mesmo ao errar a batida na bola, que saia mais seca. Melhorou mais para o fim da atividade.

O treino pode ser um indício de que Bauza pensa em utilizar um dos dois na vaga de Lugano e passar Rodrigo Caio para volante ao lado de João Schmidt, já que Thiago Mendes também está suspenso. Isso porque a única opção para o meio de campo disponível no momento é o jovem Artur, de 20 anos e nenhum jogo no profissional. Wesley e Hudson, os outros dois volantes do grupo, se recuperam de lesão muscular.

Bauza ainda tem dúvidas para montar o time que enfrentará o Flamengo, no próximo domingo, em Brasília. Além da zaga, Bruno deixou o jogo contra o Vitória com dores musculares. Kelvin se recupera de dores na coxa direita. Assim, um provável time é: Denis, Bruno (Caramelo), Rodrigo Caio, Maicon e Matheus Reis; João Schmidt, Artur (Lucão ou Lyanco), Centurión, Ganso e Michel Bastos; Calleri.

Antes, Bauza fez um treino em campo reduzido para quem não jogou ou entrou no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Vitória, pela 8ª rodada do Nacional.