River Plate x São Paulo

River Plate x São Paulo (Foto: Juan Mabromata JUAN MABROMATA/AFP)

Ana Canhedo
11/03/2016
14:08
Guarulhos (SP)

O São Paulo desembarcou com atraso no início da tarde desta sexta-feira, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, no retorno de Buenos Aires. A delegação chegou por volta das 13h15 e muitos jogadores conversaram com a imprensa. À exceção do meia Paulo Henrique Ganso, autor do gol do empate são-paulino com o River Plate, na Argentina. O camisa 10 foi o último a embarcar no ônibus e 'driblou' os jornalistas no saguão do aeroporto. 

Se Ganso não quis comentar o gol marcado e os dribles que desferiu no Monumental de Núñez - que repercutiram bastante na imprensa argentina - o goleiro Denis, mesmo após o erro na saída de bola que acabou por ocasionar o gol do River Plate, quando a bola rebatida por ele bateu nas costas de Thiago Mendes e entrou no gol - falou com os jornalistas e fez até um apelo. 

- Tomara que esse azar de gol contra passe logo, foi uma infelicidade, mas o time se comportou muito bem, todo mundo correndo, que comece já agora a passar isso. É claro que eu quero jogar contra o Palmeiras no domingo, eu já deixei claro para o (Edgardo) Bauza que quero estar em campo - disse o arqueiro, para logo completar sobre o gol sofrido: 

- Eu soquei a bola, não foi da maneira que eu queria e nem onde eu queria, mas agora é seguir trabalhando, mostramos outro espírito, se continuarmos assim, vamos continuar bem e conseguir a classificação. Que a bola fique o mais longe possível do nosso gol. 

O São Paulo entra em campo na manhã deste domingo, às 11h, para receber o Palmeiras, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. Patón deve mandar a campo uma equipe reserva, pensando no duelo pela Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Trujillanos, na Venezuela. Mesmo assim, Denis deve ser mantido no gol.