Angelo Martins e Bruno Grossi
10/06/2016
17:34
São Paulo (SP)

O São Paulo deve conseguir, em breve, a liberação do anel inferior do Morumbi, interditado há quase um mês. Nesta sexta-feira, dois peritos visitaram o estádio no fim do treino da equipe de Edgardo Bauza e sinalizaram quem um ofício será enviado em breve para o clube, liberando as cadeiras do setor térreo, fechadas assim que o acidente ocorreu, em 13 de maio.

A visita dos peritos serviu para analisar as pequenas reformas feitas pelos são-paulinos no Morumbi. Nos guarda-corpos que caíram durante jogo contra o Atlético-MG na Copa Libertadores da América, barras de sustentação foram instaladas, uma por módulo. Materiais do tipo também foram utilizados em outros trechos que tiveram desgaste identificado na perícia.

Um documento oficial para liberar o uso das cadeiras térreas deve chegar ao Morumbi nas próximas horas. Assim, os setores abririam para venda já para o jogo de quarta-feira, às 19h30, contra o Vitória, na oitava rodada do Campeonato Brasileiro e também para a semifinal da Libertadores, contra o Atlético Nacional (COL), em 6 de julho. Para o duelo deste sábado, 21h, contra o Atlético-PR, o local seguirá interditado pelo próprio clube.

As obras no anel inferior, no entanto, devem continuar mesmo após o fim do veto das autoridades. Isso porque o clube colocará em prática um projeto que estava em andamento antes do acidente que feriu 16 pessoas. Escadas e rampas, como as que existem nas novas arenas, serão construídas para servir de rota de fuga em casos de emergência e grandes públicos.

Funcionários do Tricolor já iniciaram as obras e foram fotografados pela reportagem do LANCE! nesta sexta-feira. É possível ver até o projeto de uma das escadas desenhado no concreto em frente a um camarote. Não há prazo para que os trabalhos sejam concluídos.