Bauza coletiva garante Lucão poupa Calleri
Marcio Porto
16/02/2016
12:42
São Paulo (SP)

O técnico Edgardo Bauza escondeu a última atividade do São Paulo antes da estreia na fase de grupos da Libertadores, nesta quarta-feira, contra o The Strongest (BOL), no Pacaembu. No entanto, o argentino não fez mistério sobre a escalação, que será a mesma que iniciou o clássico contra o Corinthians, exceto pela entrada de Alan Kardec no lugar de Calleri. Ou seja, o zagueiro Lucão, execrado pela torcida desde a falha bizarra no Majestoso, está mantido.

- Esperamos começar bem. Hoje vimos um modelo da equipe que vamos enfrentar, acaba de empatar o clássico com o Bolívar, vimos outras partidas também. Depois de ver todas as alternativas e a recuperação dos atletas, decidi que a equipe será a mesma que jogou contra o Corinthians, salvo a entrada de Kardec por Calleri. Esperamos começar bem, eles com a bola atacam com bom bastante gente, não sabemos a postura quando vem aqui. Nós temos bem claro o que vamos buscar. Tentaremos jogar no ataque e ganhar a partida - afirmou o comandante, em entrevista coletiva nesta terça-feira, após atividade fechada no Pacaembu.

A decisão pela entrada de Kardec, segundo Bauza, foi porque Calleri já sofre com o cansaço de ter disputado os 90 minutos em três duelos consecutivos. Chance para o camisa 14, que retorna após dois jogos fora por amigdalite.

Já sobre Lucão, Bauza repetiu o discurso depois do clássico, dando apoio ao jogador. Ele disse que o zagueiro de 19 anos reagiu muito bem depois de ter entregado a bola para Lucca abrir o placar no clássico e que tem certeza de que o jogador se comportará bem na partida.

- Está muito bem, conversamos agora, como com todos os atletas e como disse depois da partida, demos toda a confiança. Ele tem toda a confiança dos companheiros, minha, de todos, e seguramente amanhã (quarta) vai fazer uma grande partida - afirmou Patón, que não teme pela reação da torcida no jogo.

- Não posso responder pela torcida. Não importa isso porque tem o apoio de todos os companheiros e meu. Estou certo que vai jogar bem - frisou.

No treino fechado, o São Paulo ensaiou bolas paradas e testou a formação que irá a campo nesta quarta. Na arrancada do grupo 1 da Libertadores, o time será formado por: Denis, Bruno, Lucão, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Michel Bastos, Ganso e Centurión; Alan Kardec.