Daniel - São Paulo

Daniel tem 13 jogos pelo São Paulo. Ainda não marcou gols nem deu assistências (foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

LANCE!
08/09/2016
10:30
São Paulo (SP)

Além da crise que enfrenta o São Paulo, o meio-campista Daniel tem lidado com outro incômodo na carreira. Preterido por Luiz Araújo na escalação de Ricardo Gomes para o clássico de quarta-feira, o jovem de 22 anos não escondeu a insatisfação pelas poucas chances com a camisa tricolor.

O jogador, que chegou ao Morumbi no início de 2015 com o joelho lesionado e precisou passar por cirurgia, voltou à ativa em setembro do ano passado. Desde então, teve 13 oportunidades em campo, nas quais não marcou gols nem deu assistências. 

A falta de espaço no São Paulo fez Daniel buscar outros clubes. Sport e América-MG demonstraram interesse em contratar o jogador por empréstimo até o fim desta temporada. No entanto, o técnico Edgardo Bauza - que deixou o clube no início de agosto para assumir a seleção da Argentina - barrou a saída, pois tinha confiança no potencial do garoto. Agora, ele precisa conquistar a confiança de Ricardo Gomes. 

Daniel chegou a ser testado entre os titulares nos treinos desta semana. Luiz Araújo, de apenas 20 anos, acabou ficando com a vaga contra o Palmeiras. Daniel só foi acionado aos 29 minutos da segunda etapa e nada pode fazer para evitar a derrota por 2 a 1 no Allianz Parque.

- Não entendo (a decisão de começar no banco), é até um pouco decepcionante para mim. Estou há algum tempo sem ter sequência e preciso disso para voltar a despontar no futebol. Busco dar meu máximo diariamente nos treinos, quando entro, mas, infelizmente, não sou eu que decido a hora que vou jogar - desabafou o garoto após a partida. 

Daniel reconheceu que Luiz Araújo, xodó da torcida do São Paulo, teve "mérito" para ganhar a vaga de titular. O atleta não escondeu a insatisfação com a própria situação, mas confia que ainda irá conquistar seu espaço no time. 

- O professor quis começar com ele. Opção do treinador e mérito também do Luís Araújo. Fico um pouco (frustrado), sim, mas confiante que ainda vai aparecer minha chance e vou agarrá-la - completou Daniel.