Doria - São Paulo

Dória deixou o São Paulo no fim de junho com apenas 18 partidas (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)

LANCE!
30/11/2015
20:34

O empresário Jolden Vergette, que cuida da carreira do zagueiro Dória, espera ser procurado pelo São Paulo até a próxima semana. O agente cobra R$ 900 mil da dívida referente a uma comissão prometida na transferência por empréstimo que tirou o beque por quatro meses do Olympique de Marselha (FRA) para atuar no Tricolor no primeiro semestre.

– Não tenho (a intenção de levar o caso à Justiça). Tenho de esperar um pouco as coisas se acalmarem por lá, sei que está complicado, mas espero ser procurado nesta semana ou na próxima. O clube sempre foi um bom pagador, é fato, mas neste ano as coisas foram difíceis. Vamos ver como tudo será resolvido – declarou Vergette, ao LANCE!.

No último dia 13, no entanto, o empresário apresentou discurso diferente em contato com a reportagem. Na ocasião, Vergette se mostrou cansado com a situação e prometeu acionar a Justiça caso o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro e o diretor-executivo Gustavo Oliveira não se manifestassem - os dois participaram das negociações por Dória entre dezembro de 2014 e fevereiro deste ano, quando a contratação foi firmada com o aval do então presidente Carlos Miguel Aidar.

Dória estreou pelo São Paulo no dia 14 de fevereiro, em goleada por 5 a 0 sobre o Bragantino na primeira fase do Campeonato Paulista. Depois, o zagueiro fez mais 17 partidas até se despedir de forma melancólica: a goleada por 4  a 0 sofrida para o Palmeiras no Allianz Parque, em 28 de junho. O defensor ainda marcou dois gols pelo Tricolor, antes de ser repassado, também por empréstimo, ao Granada, da Espanha.