Zeca, do Santos

Jogadores de Santos e Flamengo tentaram superar gramado ruim na quinta-feira (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

LANCE!
22/11/2015
16:04
Santos (SP)

O Santos reagiu rápido à iminência de chegar ao jogo de ida das finais da Copa do Brasil com o gramado da Vila Belmiro ainda mais prejudicado em relação ao que foi exibido na quinta-feira, no empate sem gols com o Flamengo. Entre o compromisso do Brasileirão e o duelo diante do Palmeiras, na próxima quarta, o estádio do Peixe receberia seis partidas. Porém, o clube solicitou à Conmebol a mudança dos locais de dois jogos do Sul-americano feminino sub-20 e foi atendido.

Dessa forma, os jogos entre Chile e Venezuela e Paraguai contra Brasil, que serão realizados nesta segunda-feira, às 17h e às 19h10, respectivamente, foram transferidos da Vila Belmiro para o Ulrico Mursa, estádio da Portuguesa Santista. Em razão do pouco tempo disponível para outras alterações, os primeiros jogos das finais do Campeonato Paulista nas categorias sub-17 e sub-20, no sábado, e as partidas entre Colômbia e Bolívia e Uruguai e Argentina, neste domingo, permanecem no estádio.

Sede do Sul-americano feminino sub-20, a Vila Belmiro será "preservada" dos jogos desta segunda-feira, mas será palco de todos os jogos da fase final da competição, conforme combinado com a Conmebol. Antes disso, entre domingo e quarta-feira, o clube tentará uma operação relâmpago para melhorar a qualidade de seu gramado. Até o fim do ano só está previsto mais um jogo do Santos na Vila Belmiro, pela rodada final do Brasileirão, contra o Atlético-PR.

A principal reclamação dos jogadores do Peixe sobre o estado do gramado da Vila Belmiro diz respeito aos tufos de grama que se soltam do terreno após investidas mais bruscas, como chutes ou carrinhos. Além disso, a falta de regularidade do campo também compromete o fluxo do toque de bola do Peixe em suas partidas em casa.

O Santos jogou 30 vezes na Vila Belmiro em 2015, com 24 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Dorival Júnior tinha aproveitamento de 100% dos pontos em 15 partidas desde sua chegada, há quatro meses, mas o empate diante do Flamengo atrapalhou as estatísticas.