Paulinho, atacante do Santos

Paulinho arrisca belo voleio no clássico com o São Paulo e quase marca (FOTO: Ivan Storti)

LANCE!
28/03/2016
16:34
Santos (SP)

Contratado no início deste ano por empréstimo do Flamengo até o fim desta temporada, o atacante Paulinho iniciou a temporada como titular do Santos. Entretanto, com más atuações e contestado pela torcida, o camisa 26 perdeu espaço após sofrer uma virose.

Recuperando o tempo perdido e com boas atuações, principalmente no clássico do último domingo, diante do São Paulo, Paulinho vem recebendo novas oportunidades no ataque do Peixe e tem subido de produção. Para justificar o mau início de temporada, Paulinho revelou que enfrentou problemas familiares logo que chegou à Vila Belmiro, mas que já está entrosado e que não pretende ser apenas mais um no elenco.

- Tive problemas familiares no começo. Isso me atrasou um pouco. No meu ponto de vista, Dorival conversou comigo, vim me esforçando ao máximo. Eu me entrosei com o elenco. Aos poucos, vim me entrosando, me adaptando mais. Entrando nos jogos, dá mais confiança. Não me contrataram para ser só mais um. Vim para ajudar - disse o jogador.

Apesar de Serginho ter recebido uma sequência com o técnico Dorival Júnior, o meia foi reserva no clássico mesmo com cinco desfalques e pode perder espaço, já que Dorival ainda busca um substituto para a vaga de Marquinhos Gabriel. De olho na vaga, Paulinho espera convencer o comandante.

- Quem está entrando na posição do Marquinhos Gabriel está se esforçando ao máximo, tentando ajudar. Todos que vão entrar vão se adaptar bem, estão indo bem. Jogador tem altos e baixos. Na minha opinião, quem entrar vai tentar ajudar. Que logo, logo eu possa pegar essa vaga e não sair mais - projetou. 

Autor de um lindo lance no clássico do último domingo, quando arriscou um voleio e exigiu grande defesa do goleiro Denis, Paulinho admitiu que ao chegar em casa procurou o lance na internet e lamentou que não tenha convertido o malabarismo em gol.

- Depois da partida, busquei na internet o vídeo. Acabei vendo o vídeo. Foi um belo lance, não só pelo voleio, mas pela jogada criada. Se fosse um pouco mais para o canto, o Denis não ia pegar. Mérito do Denis, que é um grande goleiro - explicou.