Pelé

Pelé tem contrato vitalício com o Santos (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

Russel DIas
16/11/2015
17:26
Santos (SP)

O Santos está na fase final da negociação para assumir a administração do Museu Pelé, localizado na mesma cidade. Nesta segunda-feira, o superintendente administrativo do clube, Osvaldo Ribeiro, terá uma reunião com a Prefeitura de Santos para finalizar o acordo.

Atualmente, o museu que tem todo o acervo histórico da carreira do ídolo santista e brasileiro, é gerido por uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Ama Brasil.

A ideia do presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior, é que o clube organize o museu e que futuramente possa até lucrar com a posse. Para aumentar o número de visitantes do local, algumas estratégias já foram estudadas, como: vender ingressos unificados para o Memorial das Conquistas (que fica na Vila Belmiro) e para o Museu Pelé e até transporte específico de um local para o outro. A distância entre os dois é de 2,7 quilômetros.

Museu Pelé
Vista de dentro do Museu Pelé (Foto: Divulgação / Prefeitura de Santos)

Na opinião de alguns idealizadores do projeto, um dos motivos para o Museu não ter tanta frequência é a falta de divulgação e o preço da entrada. Enquanto o local que exibe acessórios da história do maior craque do futebol tem um ingresso a R$ 18, o Memorial das Conquistas cobra valores de R$ 8 até R$ 13.

O Museu Pelé foi inaugurado no ano passado, no bairro do Valongo, em Santos. Em sua calçada da fama já estiveram Neymar, Ronaldinho Gaúcho e Ricardo Oliveira.