Flamengo x Santos (Foto:Gilmar Ramos)

Santos e Flamengo não saíram do zero a zero na última quarta-feira (Foto:Gilmar Ramos)

LANCE!
04/08/2016
08:15
Santos (SP)

O Santos ainda precisa esperar os jogos desta noite de Palmeiras e Grêmio para confirmar a condição de líder do Brasileirão, feito que o Peixe não consegue há dez anos, desde a 5ª rodada do Brasileirão de 2006. Mas apenas os números alcançados pela equipe já são motivo de vibração entre os próprios jogadores.

Depois de exaltarem a liderança após o empate contra o Flamengo, jogadores do Peixe elogiaram também a qualidade do elenco, que tem dado conta do recado mesmo com desfalques de extrema importância para o técnico Dorival Júnior, como Gabigol, Zeca e Thiago Maia para a Olimpíada e Lucas Lima e Ricardo Oliveira, lesionados.

Os números até aqui respaldam o elenco, reformulado pela diretoria com o aval de seu comandante. Com novas peças, o Peixe ainda não sabe o que é perder sem seus principais jogadores. Desde que o trio olímpico se despediu, na vitória sobre a Ponte Preta, foram três vitórias (Gama, Vitória e Cruzeiro) e dois empates (Gama e Flamengo). 

Para manter a chama da esperança pelo eneacampeonato ainda mais acesa, o Peixe pode contar com dois "reforços" de extrema importância para a partida de domingo, contra o América-MG, em Belo Horizonte e amenizar a saudade do torcedor de ver seu time completo. Lucas Lima e Ricardo Oliveira, que não enfrentaram o Fla, podem retornar diante do Coelho. Pelo menos é o que espera Dorival.

- Seria importante ter essas voltas (Lucas Lima e Ricardo Oliveira) para domingo - resumiu.

É o Peixe cada vez mais forte na luta pelo título brasileiro, troféu que não ergue desde 2004.