Eduardo Paes

Eduardo Paes apresenta o Centro de Hóquei (Foto: Jonas Moura)

Jonas Moura
20/11/2015
17:45
Rio de Janeiro (RJ)

O prefeito Eduardo Paes não escondeu a preocupação com possíveis ataques terroristas durante os Jogos Rio-2016, após as ações que atingiram Paris (FRA) na semana passada. Mas disse confiar nos órgãos responsáveis pelo assunto.

– Foi um ataque da barbárie contra a civilização. Qualquer evento, como as Olimpíadas, corre risco. Mas o governo federal demonstrou na Copa sua capacidade de lidar com o tema e vai mostrar no ano que vem – afirmou o prefeito durante a apresentação do Centro de Hóquei de Deodoro.

Questionado por jornalistas do Brasil e do exterior, o prefeito disse que se informa frequentemente sobre os preparativos de segurança, mas lembrou que a responsabilidade é do governo federal e, em partes, do governo estadual.

– O ataque não foi a Paris, foi ao mundo civilizado. São pessoas perturbadas que usam religião como argumento para cometer barbaridades. Mas temos a colaboração de serviços de inteligência de países do mundo inteiro.

Até a última quinta-feira, foram registradas 130 mortes e 351 pessoas feridas.