tiago luis - paysandu

Em 14 jogos no Papão, Tiago Luís marcou cinco gols e deu cinco assistências (Foto:Divulgação)

Alexandre Guariglia
04/10/2016
08:30
São Paulo (SP)

Bicampeão estadual pelo Joinville, no Catarinense de 2015, e depois pelo América-MG neste ano, Tiago Luís não viu sua participação no time mineiro decolar. No meio desta temporada a mudança foi necessária. Hoje, no Paysandu, será titular na partida desta terça-feira, contra o Vasco, às 21h30, no Mangueirão, pela 29ª Rodada da Série B.

– No América as coisas não foram como esperávamos. Pintou a possibilidade do Paysandu, de chegar para jogar, e acreditei no projeto. Graças a Deus deu certo e estou muito feliz – declarou o atacante.

As coisas realmente estão dando muito certo para o jogador formado nas categorias de base do Santos. Em 14 jogos pelo clube paraense, marcou cinco gols e deu cinco assistências, uma delas com o peito, contra o Bragantino.

– Fui bem recebido por todos no clube, na cidade e pelos torcedores. Acho que isso ajudou muito.Tenho conseguido jogar sempre, os gols estão saindo e as assistências também. Estou muito confiante, arriscando mais e também conseguindo efetuar bem a bola parada.

No entanto, a situação do Paysandu na tabela não é das melhores. A dez pontos do G4 e a sete da zona de rebaixamento, a equipe foca agora em não correr o risco de disputar a Série C em 2017.

– Acho que temos elenco para brigar em cima, mas temos oscilado muito. É preciso conseguir manter uma regularidade para crescer. O objetivo, agora, é se livrar do rebaixamento, e depois já começar a planejar os próximos passos.

"Temos de ter tranquilidade para não colocar uma pressão em cima de nós. Temos de fazer o nosso jogo e contar com a apoio da nossa torcida"

Contra o Vasco, ele conta com a força da torcida e pede cuidado para não cair na ansiedade.

– Temos de ter tranquilidade para não colocar uma pressão em cima de nós. Temos de fazer o nosso jogo e contar com a apoio da nossa torcida – finalizou Tiago.


BATE-BOLA TIAGO LUÍS, ATACANTE DO PAYSANDU

'Com certeza é um dos melhores momentos da minha carreira'

Você vive grande fase no Paysandu, como está vendo (e vivendo) esse bom momento?
Estou muito feliz. Estaria ainda mais se o time estivesse em uma melhor situação na tabela, mas temos oscilado bastante. É um bom elenco, que poderia estar brigando em cima, mas está sendo difícil manter uma regularidade. Fico contente por ter me adaptado rápido e conseguir ajudar com assistências e gols.

Acredita ser um dos melhores momentos de sua carreira?
Com certeza é um dos melhores. Vivi bons momentos nos últimos anos na Chapecoense e neste ano também conseguimos o título mineiro pelo América. Mas, individualmente e nos números, é minha melhor fase. Vinha bem física e tecnicamente, o que também contribuiu para poder jogar futebol em alto nível.

Seu time vem de vitória no Mangueirão.. Agora recebe o Vasco, líder do campeonato. Qual é a sua expectativa para esse duelo?
A Série B é diferente, mas também muito equilibrada e disputada. A expectativa é de um jogo muito difícil, mas temos que fazer valer o fator casa. Diante dos nossos torcedores precisamos nos impor e fazer o nosso jogo, como foi no último jogo no Mangueirão.Sabemos das dificuldades, mas o nosso objetivo não pode ser outro que não seja a vitória.

A vitória sobre o Vasco, em São Januário, dá uma uma confiança maior para vocês neste returno?
São os mesmos três pontos de qualquer jogo, mas com certeza dá uma motivação a mais. É um time que sempre está na Série A, que briga pelo título e todos estão de olho. Temos de ser ainda mais fortes em nossa casa e fazer o nosso jogo com tranquilidade.