Naldo - Joinville (Foto: Site Oficial)

Naldo recebe homenagem pelos 100 jogos com a camisa do JEC (Foto: Site Oficial)

RADAR/LANCE!
17/11/2015
01:39
Joinville (SC)

O Joinville vive semana decisiva na luta contra o rebaixamento no Brasileirão. O time dirigido por PC Gusmão tem dois confrontos diretos na parte de baixo da tabela em quatro dias. Primeiro, enfrenta o Avaí, quarta-feira (18), na Ressacada. Depois, recebe o Vasco, domingo, na Arena. Duas vitórias podem fazer com que o JEC, atual lanterna, saia da zona de rebaixamento, dependendo dos resultados dos rivais. Para um momento tão importante, PC Gusmão teve, no treino desta segunda, os retornos do atacante Marcelinho Paraíba e do zagueiro Rafael Donato, ambos recuperados de problemas musculares. Quem esteve ausente da atividade foi Guti, liberado pelo clube para assistir ao nascimento da filha Maria Valentina.

Durante o treino, Gusmão esboçou a equipe que deve enfrentar o Avaí na Ressacada, defendendo retrospecto de quatro vitórias e um empate na casa do rival local. Durante boa parte da atividade, a equipe atuou num 4-2-3-1, Marcelinho Paraíba no meio-campo, como armador. Além dele, o volante Naldo voltou a aparecer entre os titulares após cumprir suspensão. Ítalo e Lucas Crispim foram escalados como meias abertos e Kempes, na posição de centroavante. Mais para o fim do treinamento, PC chegou a substituir o lateral Édson Ratinho por Mário Sérgio e Marcelinho por Kadu.


Ao fim da sessão, Naldo recebeu uma homenagem por ter completado 100 jogos com a camisa do JEC. O volante atingiu a marca ainda em setembro, em jogo contra o Corinthians, mas se lesionou na partida. Após seu regresso, atuou apenas em dois jogos fora de casa. Agora, antes de um jogo em Santa Catarina, a diretoria encontrou a oportunidade de prestar reverência ao cabeça-de-área. Naldo chegou ao JEC em 2013 e marcou um gol pelo Tricolor.

- É um momento de muita alegria poder completar um número expressivo de jogos pelo Joinville e espero que esse número aumente ainda mais, sei que o momento nosso não é bom, gostaria que estivesse em um momento melhor, mas sei que podemos sair dessa situação - declarou Naldo.