Romário - Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.)

Lateral Romário ressaltou importância do jogo contra o JEC (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.)

RADAR/LANCE!
17/11/2015
00:36
Florianópolis (SC)

Na primeira semana à frente do Avaí, o treinador Raul Cabral parece já ter mudado a filosofia de trabalho na Ressacada. Em dia de treino fechado na Ressacada, com poucas pistas sobre a equipe que o que o novo técnico colocará em campo contra o Joinville na próxima quarta (18), o destaque ficou por conta da entrevista coletiva do lateral Romário. Nela, o jogador que veio do Red Bull fez elogios ao novo treinador e deixou claro que a postura do time vai mudar nessa reta final de Brasileirão:

- Toda saída de treinador é meio tumultuada. Principalmente nos primeiros dias. Mas esses dias já passaram. O Professor Raul (Cabral) já assumiu e estamos tentando assimilar a filosofia dele o mais rápido possível. Muda um pouco porque ele tem uma filosofia diferente do Gilson (Kleina). O Raul gosta de um time que mantenha mais a posse de bola. O Gilson procurava uma equipe mais ofensiva, mas sem se importar tanto com a posse de bola - contou o lateral.

O Avaí ainda luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na beira da zona de rebaixamento, com 35 pontos (um a mais que o Goiás, 17º), o time precisa muito da vitória para se garantir mais uma rodada longe do sufoco da Z4. O problema é que ela não vem há sete jogos. Por isso, Romário dá o tom de como a partida é encarada pelo time do Avaí.

- É uma decisão. Uma final pra gente. Temos de encarar como se fosse o último jogo das nossas vidas. O professor Raul vem tentando corrigir os erros que tivemos nos jogos anteriores para que possamos melhorar e sair com a vitória.


Para o duelo contra o Joinville, na Ressacada, o técnico Raul Cabral tem alguns problemas. Jubal está suspenso. Emerson deve entrar em seu lugar. O volante Renan, que vem atuando sob efeito suspensivo, vai ter o seu caso de doping julgado pelo STJD na próxima quarta-feira, dia do jogo, e pode desfalcar o time de última hora.