LANCE!
17/08/2016
06:45
São Paulo (SP)

Na última terça-feira, Robert Scheidt terminou em 4º lugar na vela e por pouco não chegou à sua sexta medalha olímpica.

Nessa segunda-feira o ginasta Arthur Zanetti conquistou sua segunda medalha olímpica nas argolas. Depois de levar o ouro em Londres, em 2012, ele ficou com a prata no Rio de Janeiro. Com a segunda medalha, Zanetti se aproxima dos maiores medalhistas da história do país em quantidade. 

Os maiores medalhistas olímpicos do Brasil são Robert Scheidt e Torben Grael, ambos da vela, com cinco medalhas cada. Eles têm dois ouros, mas Scheidt tem ainda duas pratas e um bronze, contra uma prata e dois bronzes de Torvben Grael.

Sem nenhum ouro, o ex-nadador Gustavo Borges tem quatro medalhas, duas de prata e duas de bronze. A seguir, aparecem com três medalhas Marcelo Ferreira (vela), Dante (vôlei), Giba (vôlei), Rodrigão (vôlei), Serginho (vôlei), Emanuel (vôlei de praia), Ricardo (vôlei de praia), César Cielo (natação), Fofão (vôlei) e Rodrigo Pessoa (hipismo).