Wallace e Alexander Succar - Sul-Americano Sub-20: Brasil x Peru (Foto: Pablo Porciuncula/AFP)

Sul-Americano Sub-20: Brasil x Peru (Foto: Pablo Porciuncula/AFP)

LANCE!
15/12/2016
12:07
São Paulo (SP)

A chamada 'geração belga' é motivo de discórdia entre comentaristas esportivos, mas ela parece estar longe de ser passageira. Segundo estudo do CIES - Football Observatory, a Bélgica é o país com mais jogadores menores de idade entre as 31 ligas de primeira divisão da Europa.

São 38 belgas menores de 18 anos migraram para outros países no mês de outubro deste ano. Dos 38 jogadores, 18 foram para a Holanda, país vizinho e com futebol de maior visibilidade. O principal destino dos jovens do estudo é a Inglaterra, que recebeu 180 jogadores abaixo dos 18 anos em outubro.

O número é impressionante se o compararmos aos franceses e suecos, que têm quase metade de menores migrantes, com 23 cada.

Os húngaros aparecem a seguir com 22 e os austríacos com 20, mesmo número de brasileiros menores de 18 anos que foram para ligas europeias em outubro. O principal destino dos jogadores do Brasil em outubro foi a Itália, que recebeu seis dos 20 contratados.

Depois dos brasileiros, destaque para os africanos de Nigéria (19), Camarões (17) e Gana (17), além de Eslováquia (17) e Alemanha (17).