Reunião de dirigentes da Primeira Liga

Dirigentes se reuniram em um hotel na capital paulista para debater a Primeira Liga (Foto: Fábio Suzuki)

Fábio Suzuki
11/07/2016
13:50
São Paulo (SP) 

Após reunião na manhã desta segunda-feira, 11, em São Paulo, a Primeira Liga decidiu realizar a competição de 2017 com 15 times e não 16 participantes como havia definido anteriormente em assembleia da entidade. Outra definição é a data de início do torneio, que será no dia 22 de janeiro, e a final do campeonato ocorrerá no final de março, provavelmente no dia 29.

Dessa forma, a próxima edição da Copa da Primeira Liga terá três grupos de cinco times cada, classificando oito times paras as finais: os dois melhores colocados de cada grupo e os dois melhores terceiros. As finais serão disputadas em jogo único.

Na primeira edição do torneio, ocorrido neste ano, participaram 12 dos 15 clubes que fazem parte da Liga: Grêmio, Internacional, Avaí, Figueirense, Criciúma, Atlético-PR, Coritiba, Flamengo, Fluminense, Cruzeiro, Atlético-MG e América. Com a ampliação da competição, entrarão na edição de 2017 os outros três clubes que fazem parte da Liga: Chapecoense, Joinville e Paraná Clube. 

Apesar do formato ter sido aprovado na reunião, os próprios dirigentes afirmam que há a possibilidade do número de times aumentar caso haja um consenso de todos os integrantes da liga.

- Hoje a ideia é essa, mas se por um motivo muito especial até pelo interesse de quem tiver os direitos da competição de ter mais um clube, nós vamos sentar e rediscutir isso – afirmou José Sabino, diretor-executivo da Primeira Liga.

Outra mudança que pode ocorrer é em relação à data da final da competição. Apesar da entidade marcar a decisão da Copa da Primeira Liga para o final de março, a partida pode ocorrer apenas em abril por conta de jogos da Libertadores, cujas datas são as mesmas para os torneios regionais. Por conta disso, uma definição ocorrerá apenas em dezembro, quando ocorrerá o sorteio do campeonato sul-americano.

- Teremos que esperar a tabela da Libertadores para poder finalizar a data dos jogos. Mas ficou praticamente elaborada com o torneio começando em janeiro e terminando no final de março – comentou Gilvan Tavares, presidente da Primeira Liga.