Argel Fucks (Foto: Site Oficial / Figueirense)

Argel Fucks será técnico do Figueirense pela terceira vez (Foto: Site Oficial / Figueirense)

RADAR/LANCE!
12/07/2016
17:23
Florianópolis (SC)

Tentando evitar o fantasma do rebaixamento, o Figueirense recorreu a um velho conhecido para comandar a equipe na sequência do Brasileirão. Nesta terça-feira, o clube apresentou Argel Fucks, que volta ao Orlando Scarpelli após ter, por 11 meses, comandado o Internacional.

Mesmo com Argel encerrando sua passagem no Colorado de maneira turbulenta, o repórter José Koltermann, da Rádio Guarujá, de Florianópolis (SC), crê que a diretoria do Figueira acertou ao abrir novamente as portas para o técnico:

- O que o Figueirense menos quer é perder tempo no Brasileirão, devido aos maus resultados. Por isto, contratou alguém que já conhece boa parte do elenco. Mesmo não possuindo unanimidade entre os torcedores, Argel possui uma ligação muito forte com a torcida pelo estilo que dirige o time - afirmou, ao LANCE!.


O jornalista aponta algumas características que o treinador já mostrou no Figueirense, clube pelo qual inicia sua terceira passagem:

- Quando passou pelo clube, ele impôs um ritmo mais enérgico e o time ficou mais fortes nos jogos dentro de casa. É isso que a diretoria também quer resgatar com esse reforço. Argel tem sido quetionado em muitos pontos como técnicas, táticas e armação do time. Mas possui uma característica de lidar com pessoas, e isso ajuda no vestiário. Esse controle de vestiário, o Vinícius Eutrópio já havia perdido e isso resultava nos maus resultados e na insatisfação da torcida.

Colunista do LANCE!, Carlos Alberto Vieira vê com bons olhos o retorno de Argel ao Figueira, onde ele deixou as portas abertas. Porém, faz ressalvas ao trabalho que o treinador deixou no Internacional:

- Ainda não é um técnico de grandes times, mas é um bom técnico. Quando saiu, deixou as portas do clube aberto para um regresso tranquilo. Sua ida para o Internacional foi um passo maior que as pernas. Essa volta ao time pode trazer mais experiência e se tornar o degrau para alcançar clubes maiores.