Toninho Andrade, treinador do Macaé (Foto: Rui Porto Filho/Divulgação)

Toninho Andrade, treinador do Macaé (Foto: Rui Porto Filho/Divulgação)

RADAR/LANCE!
26/11/2015
17:38
Rio de Janeiro (RJ)

A briga pela permanência na Série B do Campeonato Brasileiro está próxima de ter um desfecho. Neste sábado, os dois candidatos ao rebaixamento, Macaé e Ceará, vão se encontrar no Castelão, em Fortaleza. O treinador Toninho Andrade, da equipe carioca, reconhece a dificuldade de jogar fora de casa, mas segue esperançoso para sair de lá com o objetivo alcançado.

- São vários problemas, no jogo mais importante do ano do Macaé, o time, infelizmente, sofreu perdas consideráveis, mas é o que temos conversado muito é que agora é a hora de valorizarmos o grupo e os jogadores que estão viajando para Fortaleza. Sabemos da dificuldade que vai ser o jogo e que o Ceará precisa da vitória pra se manter na série B - disse o treinador em entrevista concedida a Rádio Brasil.

Os problemas mencionados são as ausências confirmadas de Douglas Assis, suspenso, Wagner Carioca, Fernando Neto, Gedeil, Frauches, Igor Julião, Murilo e Anderson Manga, todos lesionados. Além deles, Rafael pode ser ourto desfalque. O goleiro será julgado pelo STJD, após ter sido expulso na derrota para o Vitória , pela 34ª rodada do campeonato. As ausências, no entanto, não são motivos para lamentar.

- Não está na hora de lamentarmos, está na hora de valorizar todos os jogadores. Vai ser um jogo difícil e não sabemos se vamos ganhar ou perder, isso é outra história. Os jogadores vão entrar e vão dar o seu máximo para que o Macaé possa permanecer na Série B - disse Toninho Andrade.

O treinador, que está há menos de um mês à frente do Macaé, disse não se arrepender de ter assumido o clube carioca.

- Quando eu vim pra cá eu vim consciente das dificuldades, ciente do que poderia acontecer, não me arrependo de ter vindo, já conheço as pessoas, a direção. Tenho um carinho enorme e vou fazer o melhor possível para que o Macaé possa permanecer na Série B - revelou.

Para permanecer na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Macaé joga por um empate e o treinador Toninho confirma ter interesse em continuar no comando da equipe na próxima temporada e falou sobre sua situação contratual com o clube.

- O Macaé tem interesse que o Toninho Andrade permaneça e o treinador Toninho Andrade tem interesse em permanecer. Se alguma coisa mudar, faz parte do futebol, mas, hoje, vejo um interesse dos dois lados para que o trabalho continue - afirmou

- O presidente falou dos jogos do Campeonato Brasileiro, mas deixou uma situação encaminhada para o Campeonato Carioca, mas eu não quero tratar nada disso antes de resolver a situação do Macaé. Depois disso, vamos sentar com o presidente, vou deixá-lo muito a vontade para que possa definir com tranquilidade o que vai acontecer. Primeiro vamos pensar na permanência do Macaé na Série B - concluiu.