Pacaembu - (Foto:Divulgação)

Pacaembu receberá o clássico entre Flamengo e Fluminense neste domingo (Foto: Divulgação)

João Matheus Ferreira
20/03/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

A capital paulista terá um domingo diferente. Ao invés de Corinthians, Palmeiras, São Paulo ou Santos, serão as cores de Flamengo e Fluminense que vão colorir a cidade. Afinal, o tradicional clássico carioca será disputado no Pacaembu, às 16h, pela segunda rodada da Taça Guanabara. É a união do charme do clássico com o do estádio. O site do LANCE! faz tempo real.

A promessa é de casa cheia. Dos 37 mil ingressos colocados à venda, 26 mil foram vendidos até ontem (veja mais detalhes na página ao lado). Durante toda a semana, dirigentes dos dois clubes tentaram promover a partida. O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, indicou até atrações turísticas na cidade.

– É uma excelente oportunidade também de quem mora no Rio conhecer São Paulo. Vem na véspera, vem aproveitar as outras atrações que a cidade oferece aos visitantes, como o Museu do Futebol, a gastronomia, e depois saboreia a sobremesa que é o Fla-Flu – disse Bandeira de Mello, em entrevista à TV Folha.


Perguntado se, caso fosse torcedor, sairia do Rio para assistir ao clássico em São Paulo, o técnico do Fluminense, Levir Culpi, utilizou o mesmo discurso do dirigente do Fla.

– Eu (iria) sim, claro. Ainda mais que sou apaixonado pelo futebol. O Fla-Flu é um clássico universal. Em qualquer lugar nós vamos ter torcedores. Os clubes cariocas têm muita torcida em todos os estados do Brasil. Trabalhei no Botafogo, também é a mesma coisa os quatro grandes aqui. Para o torcedor do Fluminense que estiver em São Paulo é muito bom. Aproveita, visita a cidade e faz um turismo – comentou o treinador.

De fato, é isso que muitos torcedores vão fazer. Embora a maioria dos presentes no estádio seja residente em São Paulo ou em cidades vizinhas, a expectativa é que muitos peguem a ponte aérea Rio-São Paulo para acompanhar o clássico. Afinal, é uma oportunidade bem diferente.

– Vou com mais dois amigos e devemos chegar por volta das 10h em São Paulo. A ideia é, sim, conhecer o Museu do Futebol e, depois do jogo, comemorar a vitória na noite de São Paulo, que dizem que é boa (risos) – disse o advogado Marcelo Morais, flamenguista e morador do Rio.

Na Taça Guanabara, as duas equipes também se enfrentaram fora do Rio. No Mané Garrincha, foi o Rubro-Negro que levou a melhor ao vencer por 2 a 1.

UM DIA EM SÃO PAULO
Caminhada no Ibirapuera
Aos torcedores que forem mais cedo, vale dar uma caminhada no Parque Ibirapuera. Tem muitas árvores e é um local onde os paulistanos costumam passar as manhãs de domingo.

Almoço na Praça Vilaboim
Localizada perto do Pacaembu, a praça possui diversas opções de restaurantes e fica em uma região nobre da cidade. Vale a pena chegar cedo para almoçar e em seguida continuar o roteiro na capital paulista.

Museu do Futebol
O museu estará aberto em horário especial, de 10h às 14h, e com ingressos baratos (R$ 9 e R$ 4,50 a meia). É uma boa alternativa antes da partida.

Jogo no Pacaembu
Assim que sair do museu, os torcedores já podem ficar pelo estádio para assistir ao segundo Fla-Flu da história no Pacaembu.

Pós jogo: Vila Madalena
Quando terminar a partida, vale a indicação de curtir o fim de domingo na Vila Madalena, região repleta de bares e atrações. É um point tradicional da cidade e tem opção para os mais diversos gostos.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X FLUMINENSE


Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 20/3/2016, às 16h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Michael Correia (RJ)

Flamengo: Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge (Chiquinho); Cuéllar; Willian Arão, Ederson (Alan Patrick), Marcelo Cirino, Emerson Sheik (Gabriel) e Guerrero - Técnico: Muricy Ramalho.

Fluminense: Diego Cavalieri, Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre, Cícero, Gerson, Diego Souza e Gustavo Scarpa; Fred - Técnico: Levir Culpi.