Almir

Almir comanda o Bangu  na vitória por 2 a 0 sobre o Tigres do Brasil. Foi dele o primeiro gol  (Foto: Wagner Meier/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
04/02/2016
19:32
Duque de Caxias (RJ)


O Bangu obteve na tarde desta-quinta feira, no Estádio Los Larios, em Xérem, a sua primeira vitória no Campeonato Carioca-2016: 2 a 0 no Tigres do Brasil. Os gols saíram no segundo tempo dos pés de veteranos.  Almir abriu o placar  aos 33 minutos e, no último lance do jogo, Yves acertou um belo chute do meio de campo, num contra-ataque quando o rival estava sem goleiro (que subiu em uma cobrança de escanteio).  O Bangu agora tem três pontos no Grupo A, enquanto o Tigres, zero, divide a lanterna do Grupo B com o Bonsucesso. 

O jogo contou com torcida reduzidíssima. Apenas 267 pagantes, com renda de R$ 4.520,00. Trata-se da segunda pior audiência do Estadual, atrás de Resende 1x1 Volta Redonda, na Ilha do Governador, que teve 215 pagantes. A média de público do Carioca, até o momento, é de apenas 2.220 pagantes/jogo.

O Bangu foi melhor no primeiro tempo, já que o time da casa mostrava muito desentrosamento e não oferecia perigo. Mais uma vez Almir foi o cérebro banguense, que perdeu ótimas chances com William Amendoim e Geraldo.

Na etapa final, o Tigres voltou melhor, criou duas boas chances, mas o Bangu voltou a reequilibrar após os 15 minutos e abriu o placar aos 33. Geovani fez ótima jogada pela esquerda, foi ao fundo e cruzou. Almir, bem colocado, tocou de esquerda para o gol.

Aos 45 minutos ocorreu o lance mais bonito da partida. Após um escanteio a favor do Tigres no qual o goleiro Renan foi para a área tentar  ajudar o time a empatar, a  zaga rechaçou  e a bola ficou com Ives. Do meio de campo, o volante driblou o marcador e mandou uma bomba para o gol vazio, não dando tempo para o goleiro voltar para a sua posição. 

- A gente sempre fala que uma bola como aquela poderia acontecer. Mas eu tentei ajudar o time aparecendo na área, era tudo ou nada.  O contra-ataque foi deles. Voltei, mas não foi o suficiente para evitar o gol. Sei que nosso time tem qualidade, mas qualidade no papel não ganha jogo e precisamos nos recuperar - disse o goleiro Renan no fim da partida.

O volante Ives estava exultante, sonhando em ver o seu gol disputando como o mais bonito do campeonato.

- Fui muito feliz.  Eu  devia armar o contra-ataque e  o goleiro estava fora da posição. Tinha um marcador, mas me livrei dele e fiz um belo gol.  Não querendo puxar muito para o meu lado, ficarei muito grato se puderem votar no meu gol - disse o ex-vascaíno à Rádio Fut-Rio.

Ives também analisou a vitória:

- Não começamos bem o campeonato. Mas  perdemos para um grande e não jogando metade do que estávamos treinando. Agora, esses  três pontos nos dará maior tranquilidade. 

Melhor em campo, Almir disse que a entrega da equipe depois de uma estreia ruim foi o fato mais marcante da vitória:

- Precisávamos fazer um bom jogo. Foi difícil, eu mesmo ajudei pouco pois ainda não estou 100%, mas a vitória veio  na raça.