Botafogo x Juazeirense

Neilton voltou a decidir contra a Juazeirense nesta quinta-feira (Foto: Vitor Silva/SSPress)

Vinícius Britto
19/05/2016
23:57
Rio de Janeiro (RJ)

Em uma partida de baixo nível técnico, o Botafogo venceu a Juazeirense com gol de Neilton - que entrou no segundo tempo - e garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. O adversário agora será o Bragantino. Além do atacante, Ribamar e Victor Luis se destacaram pelo Alvinegro.

BOTAFOGO
6,0
HELTON LEITE

Demonstrou insegurança nas bolas aéreas, mas compensou com defesas importantes na segunda etapa.

6,0
DIEGO

Sempre acionado, alternou bons e maus momentos. Na marcação, deu poucos espaços e não comprometeu.

6,5
RENAN FONSECA

Ganhou todas as bolas pelo alto e esteve muito firme pelo chão. Precisa melhorar a deficiência na saída de bola.

6,0
EMERSON

No seu retorno, pareceu sem confiança no início. Depois, cresceu no jogo e manteve o bom nível de atuações do ano.

6,5
VICTOR LUIS

Foi bem na marcação e - quando acionado na frente - chegou sempre com bons cruzamentos. Ganhou pontos.

6,0
FERNANDES

Na proteção a defesa, conseguiu cumprir o seu papel. Podia render mais na produção ofensiva alvinegra. Sumido.

5,5
BRUNO SILVA

Chegou bem na frente, mas se escondia na saída de bola e sobrecarregava o Fernandes. E perdeu um gol sozinho.

6,5
MARQUINHO

Não sentiu o peso da camisa e deu ritmo ao meio, buscando a bola e distribuindo bons passes. Surpreendeu no jogo.

4,5
SALGUEIRO

Novamente, errou praticamente todos os cruzamentos e lançamentos que tentou. Uruguaio decepciona pelo Bota.

5,0
SASSÁ

Sumido, se enrolou com a bola em alguns lances e pouco produziu ofensivamente, mesmo melhorando no 2º tempo.

6,5
LUIS HENRIQUE

Boa movimentação e presença na área, dando trabalho aos zagueiros e finalizando com perigo. Foi o melhor da frente.

7,0
NEILTON

Entrou ligado e deu maior velocidade ao ataque do Botafogo. O gol no final deu a tranquilidade e assegurou a classificação.

6,5
RIBAMAR

Se movimentando muito, teve mérito pelo lance do gol, quando resolveu tocar e deixar Neilton livre para fazer.

6,0
OCTÁVIO

Deu maior volume no ataque e descolou o passe que resultou no gol da vitória. Foi importante no resultado.

5,5
RICARDO GOMES

Mesmo com os reservas, o time foi muito fraco na criação das jogadas ofensivas. Preocupação persiste na equipe.

Botafogo x Juazeirense
Botafogo e Juazeirense jogaram em Xerém (Foto: Vitor Silva/SSPress)

JUAZEIRENSE
6,0
Tigre

Seguro no jogo. Os poucos chutes no gol do Botafogo colaboraram.

6,5
Alex Travassos

Foi a opção de maior perigo, subindo muito pela direita e fazendo bons cruzamentos.

6,0
Paulo Henrique

Firme na marcação, não comprometeu na partida.

5,5
Ricardo Braz

Também se beneficiou pela ineficácia do rival.

6,0
Deca

Apoiou pouco, mas esteve bem na contenção pela esquerda.

6,5
Capone

Protegeu a defesa e se arriscou nas jogadas de ataque.

5,0
Diego Teles

Cometeu muitas faltas e e ficava vendido nas jogadas.

6,0
Everlan

Criou boas chances e se destacou no meio da Juazeirense.

5,5
Wanderson

Deixou a desejar na movimentação no setor de ataque.

5,5
Tony Galego

Deu trabalho a defesa alvinegra botando velocidade no jogo.

5,0
Nino Guerreiro

Isolado, teve poucas chances limpas de finalizar a gol.

5,0
Gian Lucas

Não acertou nenhum lance no ataque da Juazeirense.

5,5
Naldo

Entrou para jogar quinze minutos e pouco apareceu em campo.

5,5
Evandro Guimarães

Seu time lutou, mas esbarrou nas próprias limitações e acabou saindo de campo com a derrota.