Parma

Torcida fez a festa com os jogadores após o acesso (Foto: Reprodução / Twitter)

LANCE!
17/06/2017
19:11
Florença (ITA)

O tradicional Parma, aos poucos, vem ressurgindo no futebol italiano. Dois anos após declarar falência, ser fundado novamente e rebaixado para a Quarta Divisão, o time conseguiu neste sábado o acesso à Segundona no país, após bater o Alessandria por 2 a 0.

A partida foi realizada no Estádio Artemio Franchi, casa da Fiorentina. Os gols foram marcados por Scavone, aos 11 do primeiro tempo, e Nocciolini, aos 22 da etapa final.

Na Terceira Divisão, o Parma encontrou adversários mais qualificados e teve problemas. A diretoria demitiu o ídolo Luigi Apolloni, responsável pelo acesso à Série C no ano passado, devido a tropeços.

Atrás do Venezia - que conseguiu vaga direta - no Grupo B, o Parma precisou passar pelos playoffs para alcançar um lugar na Segunda Divisão, diante de 28 concorrentes. A equipe se superou, passou por quatro etapas eliminatórias para lograr êxito.

O símbolo do acesso foi o veterano Alessandro Lucarelli, que teve o gosto especial de levantar a taça. Aos 39 anos, o zagueiro foi titular em quase toda a competição, mesmo com problemas físicos que afetaram o seu rendimento nos playoffs. Tem contrato apenas até o fim do mês e não está garantido no time para a Série B.

- Foi um acesso conquistado com os dentes. Só nós sabemos o que passamos nos vestiários. Mas resolvemos todos juntos superar as dificuldades e seguimos em frente provando que temos coração. Sobre o meu futuro, quero ter um pouco de descanso e então vou conversar com a minha família. Se fosse pelo meu irmão Cristiano, eu não teria nem disputado a Serie D, para não manchar a carreira. Ao invés disso, eu sempre confiei na reconstrução do Parma, mesmo que o reinício do clube após a falência fosse incerto. É um milagre que se repaga a nós - disse o zagueiro.

O Parma se junta ao Venezia, Foggia e Cremonese como as equipes que subiram à Segunda Divisão do Campeonato Italiano.