LANCE!
17/06/2017
14:03
Kazan (RUS)

Na entrevista coletiva antes do duelo contra o México, na estreia na Copa das Confederações, o técnico Fernando Santos ficou incomodado com os questionamentos sobre Cristiano Ronaldo. Portugal participa da competição pela primeira vez em sua história e é apontado como um dos favoritos do torneio.

- Compreendo bem as perguntas de vocês, mas é a última vez que vou responder sobre Cristiano. Porque estamos aqui para representar Portugal na Copa das Confederações. Tenho um pacto com meus jogadores. Individualmente, tenho afetividade por cada um. Sempre dissemos que tudo que tem a ver como lado pessoal a gente trata fora da seleção. Por isso eu viajo muito, visito muito. Quando estamos na seleção, só falamos de estratégia, técnica. Isso que é importante. Todas as questões pessoais passam ao lado, ficam fora - disse o comandante.

Cristiano Ronaldo foi acusado pelo Ministério Público da Espanha de omitir 14,7 milhões de euros (aproximadamente R$ 54 milhões). A notícia que circula na imprensa de Portugal é de que o craque pretende deixar a Espanha graças à acusação de sonegação. Fernando Santos, porém, defendeu o craque.

- Eu ponho as mãos no fogo, coisa que raramente faço. Ponho as mãos no fogo pelo caráter e idoneidade de Cristiano, como homem e como atleta - completou.

Já sobre o confronto contra os mexicanos, que acontece neste domingo, às 12h (de Brasília), na Arena Kazan, o treinador ressaltou que seu time não é favorito. As seleções estão no Grupo A, ao lado de Rússia e Nova Zelândia  - russos venceram a partida de abertura por 2 a 0.

- Favoritos não somos, somos candidatos, mas o que me interessa é que a equipe tenha concentração total. O México tem jogadores de excelente qualidade técnica, tem uma grande paixão pelo jogo e muita dinâmica. Procuramos analisar bem a equipe para transmitir aos jogadores o que é mais positivo e algum defeito que exista. Espero que Portugal consiga ser superior - analisou Fernando Santos.