Pé Toranzo (Foto: Reprodução)

Foto com pé machucado seria de Patricio Toranzo, jogador do Huracán, da Argentina (Foto: Reprodução)

RADAR/LANCE!
11/02/2016
08:15
Rio de Janeiro (RJ)

Após divergências sobre o que realmente aconteceu com o meia Patricio Toranzo no acidente com o ônibus que transportava a delegação do Huracán, nesta quarta-feira, em Caracas, na Venezuela, o jornal "AS", da Espanha, publicou uma foto de um pé com dedos mutilados, que seria do jogador.

Após o acidente, o médico do Huracán, Fernando Locasso, que estava na Argentina, afirmou que Toranzo, que foi titular do time na derrota para o Caracas, por 2 a 1, na noite de terça, na partida de volta pela primeira fase da Libertadores, teve quatro dedos do pé esquerdo parcialmente amputados. À noite, o presidente do clube, Alejandro Nadur , negou o fato.

Segundo o médico, Toranzo, de 33 anos, mesmo com o problema, poderá dar seguimento a sua carreira tão logo se recupere. Mesmo com a derrota na Venezuela, o Huracán se classificou para a fase de grupos da Copa Libertadores, pois havia vencido o primeiro jogo da fase eliminatória contra o Caracas, na Argentina, por 1 a 0. Os argentinos entrarão no Grupo 4, que conta ainda com Atlético Nacional, da Colômbia, Peñarol e Sporting Cristal, do Peru.