Manchester City x Manchester United

(Foto: AFP/OLI SCARFF)

LANCE!
09/09/2016
11:00
Manchester (ING)

Falta pouco para o derby de Manchester! O duelo, que colocará José Mourinho e Pep Guardiola frente a frente pela primeira vez na Inglaterra, promete colocar ainda mais fogo no Campeonato Inglês. As duas equipes entram em campo às 8h30, neste sábado, no Old Trafford.

Uma coisa os times têm em comum: estão começando a temporada com treinadores com estilos totalmente diferentes dos anteriores. Com isso, algumas fragilidades podem ser exploradas durante o confronto para garantir certa vantagem nesse início de campeonato. 

Especialistas do LANCE! apontaram quais são os pontos fortes e fracos que as equipes podem mostrar nesse primeiro clássico. Os dois estão empatados com o Chelsea na liderança do Inglês, com nove pontos.

Eduardo Tironi, colunista do LANCE!

- No caso do Manchester City, a marcação alta pode ser explorada pelo rival. Pelo lado do United, o time ainda não conseguiu ser tão efetivo ofensivamente e isso pode fazer a diferença.

Mario Marra, colunista do LANCE!

- A falta de entrosamento é o principal problema do United. O time ainda sente muita falta de mais conjunto, porque é um time recém-formado. O City vai sentir muita falta do Agüero lá na frente. Não tenho gostado muito da marcação pelos lados lá atrás. Acho que defensivamente pelos lados do campo os Citzens deu algumas bobeiras. Esse tipo de jogo normalmente é definido com muita entrega, que não deve faltar dos dois lados. Talvez pese contra o United a falta de entrosamento, já que o City foi menos mudado.

Marcelo Bechler, colunista do LANCE!

- Ainda está muito no início. Não tiveram grandes desafios, talvez esse clássico possa expor os defeitos dos dois times. O grande ponto a ser explorado do City é a revolução que o Guardiola vai fazer no time. Como ponto positivo, vai mudar muito a forma da equipe jogar, alguns jogadores vão se destacar. Como ponto negativo é que, até isso chegar a um equilíbrio, o time vai precisar de muitos ajustes.

No United, o ponto positivo é que o time está muito mais forte do que nas outras temporadas, tanto no comando técnico como dentro de campo. O negativo é que é uma equipe que daqui a pouco já vai precisar se refazer de novo. Ibra e Rooney são mais velhos, daqui a pouco já precisarão de mudanças.