Eleição na FIFA

Tokyo Sexwhale desistiu de sua candidatura antes da votação do primeiro turno (Foto: AFP / FABRICE COFFRINI)

RADAR/LANCE!
26/02/2016
11:11
Zurique (SUI)

Pouco antes do início da votação do primeiro turno da eleição para a presidência da Fifa, um dos candidatos, o sul-africano Tokyo Sexwhale, anunciou a sua retirada oficial da disputa no fim do discurso para os votantes. Sem o apoio da África e duvidando até mesmo do voto da África do Sul, o empresário usou várias citações no discurso, uma delas remetendo a Nelson mandela, seu companheiro de prisão na época do Apartheid na Ilha Robben, na Cidade do Cabo.

- Escolham bem o novo presidente e nunca se rendam. Lutem pelo bem do futebol, pela suia independência  ante  os poderes políticos e econômicos que o rodeiam.

Em seguida, citou até Neymar, ao dizer que estará feliz no caso da vitória de qualquer um dos demais candidatos (numa alusão ao que o brasileiro fala sobre Messi e Suárez, sobre quem fará mais gols)

-  Se ganha o Infantino, faço uma festa. Se der o Xeque, faço a mesma coisa. Se é o príncipe o novo eleito também. Se vence o Champagne, melhor.  Repito o que diz Neymar: ganhe quem ganhe, faço uma festa, pois todos são meus amigos.