Robben - Bayern de Munique x Hertha Berlin

Robben entrou no segundo tempo e deixou o dele (Foto:CHRISTOF STACHE / AFP)

RADAR/LANCE!
21/09/2016
16:59
Munique (ALE)

No jogo que marcou a volta do holandês Robben, recuperado de uma lesão que o tirou dos gramados nos últimos seis meses, o Bayern de Munique goleou por 3 a 0 o Hertha Berlin nesta quarta-feira, no Allianz Arena (com gramado lamentável), pela quarta rodada do Campeonato Alemão.  Volta em grande estilo. Robben entrou no segundo tempo, quando o placar estava 1 a 0 (golaço de Ribéry no primeiro tempo), jogou muito bem e fez um belo gol fechando o placar. O outro gol foi de Thiago Alcântara.

O Bayern atuou sem Douglas Costa, machucado e cortado da Seleção Brasileira para os jogos contra Bolívia e Venezuela pelas Eliminatórias, e encarou o time que assim como ele entrou na rodada com campanha 100%.  Só que o Hertha não deu nem para o início. Retrancado, acuado em seu campo e conseguindo raras oportunidades, o time foi alvo fácil e o resultado não espelhou o massacre que foi o jogo. Com a quarta vitória em quatro rodadas, o Bayern chega aos 12 pontos e se isola na liderança. O Hertha divide o terceiro lugar com o Borussia Dortmund e o Eintracht Frankfurt, nove pontos.

O JOGO

O início foi um bombardeio do Bayern em cima de um atônito Hertha. No primeiro minuto, Lewandowski cabeceou livre o o goleiro salvou. Aos dois minutos, Thomas Müller perdeu um gol na pequena área e com o goleiro batido, chutando muito mal. O Hertha quase não saiu do meio de campo e, aos 15 minutos, quando a posse de bola era de 80% a favor do Bayern, o time da casa acabou chegando ao primeiro gol.
 
E foi uma pintura. Depois de uma jogada de Alaba pela esquerda, Ribéry recebeu, cortou dois marcadores e humilhou o terceiro, o lateral Pekarik. Foram três cortes, sendo que no último o eslovaco acabou caindo no chão todo torto. Ribéry chutou e o goleiro norueguês Jarstein não conseguiu salvar. 

O Hertha não via bola e apenas torcia para não levar mais gols. Aos 25, uma trama que começou com Lewandowski pela esquerda, passou por Thomas Müller e terminou com um chute de primeira para fora, foi aplaudido de pé pelo torcedor do Bayern. Quase um gol de placa. Pouco depois, Lewandowski perdeu mais um gol feito, entrando livre na área mas tocando mal por cobertura. Até o fim da etapa inicial o Bayern seguiu em cima, mas não conseguiu ampliar a vantagem.

No segundo tempo, o Bayern diminuiu o ritmo e só foi acordar aos 15 minutos, depois de quase levar um gol quando Stocker recebeu na entrada da área e mandou uma bomba para grande defesa de Neuer.

Aos 20, Robben entrou no lugar de Müller e fez a torcida se acender mais uma vez. Em quatro minutos o Bayern reclamou um pênalti em Robben, fez um gol com Lewandowski que foi anulado por impedimento e, enfim chegou ao segundo gol numa falha terrível de Allan, brasileiro do Hertha. O apoiador tentou sair driblando dentro da para e perdeu a bola para Thiago Alcântara, que chutou para fazer 2 a 0.  Pouco depois, Robben recebeu um passe de Thiago Alcântara, limpou a jogada e tocou com categoria para fazer 3 a 0 e ser ovacionado pela torcida que lotou o Allianz Arena.

Outros jogos

Sensação das primeiras rodadas, o RB Leipzig empatou em 1 a 1 com Borussia Mönchengladbach, em casa. O resultado levou o novato da Bundesliga para o sexto lugar, com oito pontos e ainda invicto (duas vitórias e dois empate).

RB Leipzig x B. Moechengladbach
RB Leipzig e M'Gladbach ficam no 1 a 1. Novato sai na frente e deixa escapar a chance de terminar a rodada em 2° (Foto: Odd ANDE / AFP)

O Leipzig chegou ao primeiro gol logo aos seis minutos, gol de Timo Werner. Depois, dominou o rival que sentiu a ausência do brasileiro Raffael (ex-Juventude) no seu meio de campo.  A vitória faria o time subir para o segundo lugar. Mas na etapa final o time da casa diminuiu o ritmo e o Gladbach  aproveitou para empatar aos 40, com Johnson. 

Outros três jogos fecharam a rodada. Em Gelsenkirchen, o Schalke vive um de seus piores inícios de temporada no Alemão. O time acumulou a quarta derrota seguida ao cair em casa para o Colônia: 3 a 1 de virada. O Schalke é o vice-lanterna enquanto o Colônia assumiu o segundo lugar. 

Schalke 04 x Koln
Colônia (de vermelho) vira para cima do Schalke 04, assumir a vice-liderança e afunda o rival (Foto: PATRIK STOLLARZ / AFP)

Outro que não tinha pontuado, o Werder Bremen, deu vexame em casa. Saiu na frente  do Mainz 05 e foi levar a virada nos minutos finais, gols de Mali aos 43 e De Blasis aos 47.  A derrota por 2 a 1 manteve o time na última posição.

Por fim, em Leverskusen, Bayer e Ausgburg, times que estão no mieo da tabela, ficaram no 0 a 0.