Turquia x Croácia

Modric acertou um bonito chute e fez o gol da partida, no fim do primeiro tempo (Foto: AFP)

LANCE!
12/06/2016
12:05
Paris (FRA)

Na Eurocopa de 1996, Turquia e Croácia se encararam na rodada de estreia e o time croata venceu por 1 a 0. Duas décadas depois, a história se repetiu em Paris (FRA). Com um golaço de Modric, no fim do primeiro tempo, a Croácia começou esta edição da Euro com uma vitória por 1 a 0, assumindo a liderança do Grupo D, que conta ainda com Espanha e República Tcheca, que se enfrentam nesta segunda-feira.

Na próxima rodada, a Croácia encara a República Tcheca, na sexta-feira, enquanto a Turquia, no mesmo dia, terá a Espanha pela frente, em jogo que pode decidir a vida na competição.

O JOGO

O primeiro tempo foi de bastante equilíbrio em relação à posse de bola, mas com a Croácia demonstrando mais organização em campo e sendo mais perigosa, principalmente com as bolas jogadas na área - por outro lado, também exploradas pela Turquia. Mal a partida havia começado e, por pouco, a Croácia não abriu o placar com Rakitic, que desviou cruzamento de Srna. E também logo no início, mostrou-se que seria uma partida de forte marcação, quando Modric recebeu falta dura de Tufan e houve pressão em cima da arbitragem, que resolveu na conversa.

Tufan, inclusive, foi o único jogador a ser punido com cartão na etapa inicial. Desta vez, porém, em uma jogada um pouco duvidosa. Ao subir para dividir a bola no alto, o cotovelo do turco (que não demonstrou intenção) pegou na cabeça de Corluka, que caiu no gramado sangrando e teve de voltar com uma proteção.

Em meio a isso, quase que a Turquia conseguiu fazer o primeiro gol da partida em uma das poucas oportunidades criadas. Após cruzamento da direita, Tufan cabeceou e Subasic conseguiu fazer a defesa em cima da linha.

A Croácia ainda teve mais algumas chances, uma delas quando, depois de escanteio, Mandzukic aproveitou rebote e bateu, mas Babacan conseguiu evitar. Quando tudo caminhava para em empate sem gols, Modric fez os croatas explodirem de alegria em um lance parecido. O jogador do Real Madrid (ESP) não desperdiçou rebote após bola levantada na área e bateu de primeira para balançar a rede. Na comemoração, um torcedor conseguiu invadir o gramado e celebrar com os jogadores, chegando a dar um beijo no rosto de Modric.

Quase no intervalo, a Turquia esteve perto empatar, mas o zagueiro Balta não conseguiu acertar o alvo

No segundo tempo, um panorama um pouco diferente, com a Turquia pouco criando e a Croácia sendo mais incisiva. Com a mesma estratégia das bolas levantadas na área, a equipe comandada por Cacic fez o goleiro Babacan trabalhar. Em uma dessas chances, Perisic cabeceou sem marcação e carimbou o travessão. Em uma das poucas vezes que Subasic apareceu, foi para fazer uma defesa tranquila em cobrança de falta de Erkin.

A Croácia foi ganhando espaço e ditando o ritmo, mas, ainda assim, já nos minutos finais, Balta teve a chance de empatar, mas Corluka conseguiu evitar a finalização. Dessa forma, o time de Cacic evitou que a história do confronto que se repetisse fosse a da Eurocopa de 2008, quando a Turquia conseguiu o empate nos acréscimos e eliminou a Croácia nos pênaltis nas quartas de final do torneio.

Ao apito final, muita celebração e abraços, principalmente em Modric, herói da partida. Além disso, saudação à torcida, que foi à França apoiar a equipe.

FICHA TÉCNICA

EUROCOPA
TURQUIA 0 X 1 CROÁCIA


Data-Hora: 12/06/16 - 10h (de Brasília)
Estádio: Parc des Princes, em Paris (FRA)

Árbitro: Jonas Eriksson (SUE)
Assistentes: Mathias Klasenius (SUE) e Daniel Wärnmark (SUE)

Cartões amarelos: Tosun, Balta e Volkan Sen (TUR); Strinic (CRO)
Cartão vermelho: Não houve
Gols: Modric, 41'/1ºT (0-1)

TURQUIA: Babacan; Gönül, Topal, Balta e Erkin; Ínan, Tufan, Çalhanoglu, Özyakup (Volkan Sen - Intervalo) e Arda Turan (Yilmaz - 19'/2ºT); Tosun (Emre Mor - 23'/2ºT). Técnico: Fatih Terim

CROÁCIA: Subasic; Srna, Corluka, Vida e Strinic; Brozovic, Badelj, Modric, Rakitic (Schildenfeld - 43'/2ºT) e Perisic (Kramaric - 40'/2ºT); Mandzukic (Pjaca - 45'/2ºT). Técnico: Cacic