LANCE!
21/04/2016
12:02
Porto (POR)

Depois de uma temporada decepcionante, o Porto já busca reforços para a próxima temporada. E segundo o jornal "Record", a ideia da diretoria é buscar novamente uma "mística" que foi perdida nos últimos anos. Por isso, as prioridades já foram apontadas dentro de campo: um centroavante, um ponta, dois zagueiros e um "camisa 10". A ideia é levar ao Dragão jogadores que já brilharam por lá, como Hulk, Pepe e João Moutinho.

O nome que mais empolga é o de Hulk. Ídolo da torcida e presente na equipe ideal da história do Dragão, com direito a estátua no seu museu, é o grande sonho da diretoria. O brasileiro conquistou 11 títulos no Porto e já admitiu que pensa em sair do Zenit, seu atual clube. Porém, tem contrato até 2019 e é um jogador caro.

Caso não consiga levar novamente o ídolo ao clube, Quaresma poderia ser uma solução. O "Mustang" já teve duas passagens pelo Porto. A primeira com vários títulos e muito brilho, a segunda, mais recente, com boas partidas, mas sem tanta regularidade. Ele está agora no Besiktas.


Para a defesa, pelo menos um antigo jogador do Porto deve retornar. O principal nome da lista seria Pepe. Já com 33 anos, encerra o seu compromisso no fim da próxima temporada, e não tem tanto valor de mercado como Hulk, por exemplo. Ele disse há poucas semanas que quer voltar a atuar em Portugal, e o Porto seria sua primeira opção. Ele jogou lá entre 2004 e 2007 depois de ter se destacado pelo Marítimo. Caso não consiga, Bruno Alves, do Fenerbahçe, é outro alvo.

Outro ídolo que será difícil contratar, mas está na lista, é João Moutinho. O meia deixou o Sporting, clube que o revelou e ele era o capitão, em 2010, e foi fundamental no último grande time do Porto, também com uma coleção de títulos. Saiu em 2013 para o Monaco e tem contrato até 2018. O meia está com 29 anos e apesar de o seu valor estar mais baixo agora, tem mercado em países como Itália e Inglaterra, o que poderia dificultar as ações do Porto.

O Porto também deve garantir a permanência em definitivo do lateral-esquerdo Layún. Ele foi emprestado pelo Watford nesta temporada, e o Dragão tem até o fim de maio para informar ao clube inglês que vai acionar a opção de compra. A tendência também é que alguns jogadores deixem o Estádio do Dragão para a próxima temporada.

O time português começou bem a temporada, porém acabou caindo de produção. Foi eliminado da Liga dos Campeões na fase de grupos, e logo caiu para o Borussia Dortmund na Liga Europa. No Campeonato Português, já tem seis derrotar e está com 12 pontos a menos que o Benfica. A única chance de título é na Taça de Portugal, em que está na final contra o Braga.