HOME - Manchester City x Liverpool - Campeonato Inglês - Gol de Philippe Coutinho (Foto: Oli Scarff/AFP)

Rivais em campo podem ser controlados pela mesma família (Foto: Oli Scarff/AFP)

LANCE!
21/04/2016
10:11
Liverpool (ING)

Nos próximos anos, dois dos principais clubes da Inglaterra podem ser controlados pela mesma família. De acordo com o jornal "Daily Star, Khalifa bin Zayed Al Nayhan, presidente dos Emirados Árabes Unidos, pretende investir forte para comprar o Liverpool. Ele é meio-irmão de Mansour bin Zayed Al Nahyan, dono do City Football Group, que controla o Manchester City.

O problema, por enquanto, está sendo John W. Henry, atual dono do Liverpool. Também proprietário do Boston Red Sox, time de beisebol dos Estados Unidos, ele não está muito disposto a aceitar a primeira oferta, que teria sido na casa das 700 milhões de libras (R$ 3,5 bilhões).

Ainda será preciso convencer o empresário. Mas isso não deve ser problema para o xeque dos Emirados Árabes, que tem uma fortuna estimada em cerca de 40 bilhões de euros (R$ 160,8 bilhões).

Apesar de poder criar um conflito de interesses dentro da família, não existe uma regulamentação para que parentes controlem clubes diferentes do mesmo país. O xeque Mansour controla o Manchester City desde 2008, e ainda tem outros, como o New York City, que disputa a Major League Soccer, nos Estados Unidos.

Khalifa, o que pretende comprar o Liverpool, assumiu a presidência do país em 2004, após a morte do pai, Zayed bin Sultan Al Nahyan. Ele é o primeiro filho da primeira esposa do antigo líder dos Emirados Árabes. O xeque Mansour, que tem 23 anos a menos que o seu irmão mais velho, é o quarto mais novo da terceira mulher do ex-presidente.