Botafogo x Fluminense (Foto: Paulo Sergio/LANCE!Press)

Levir Culpi sentiu lesão muscular no dia 7 de setembro (Foto: Paulo Sergio/LANCE!Press)

LANCE!
30/09/2016
20:00
Rio de Janeiro (RJ)

A concorrência pela vaga de titular na meta do Fluminense é vista com bons olhos por Levir Culpi. Contra o Sport, o técnico escalará em campo Júlio César, que já reforçou sua vontade se seguir como o goleiro do Tricolor mesmo após o retorno de Cavalieri, que sofreu uma lesão muscular no dia 7 de setembro no Clássico Vovô, disputado na Arena Botafogo.

Sem cravar um dono absoluto da posição, Levir Culpi analisou a concorrência.

– Essa disputa é salutar pra todos nós. Na verdade os dois têm uma qualificação técnica diferente um do outro.São diferentes, mas muito eficientes. É uma escolha de momento, a briga é boa – afirmou Levir.

Diante do Sport hoje, às 11h no Estádio Giulite Coutinho, Júlio César fará sua sexta partida consecutiva como titular. Diego Cavalieri, por sua vez, ainda está recuperando a forma física, e ainda não treinou com bola desde a lesão sofrida.

Levir Culpi expliocou o que enxerga de diferente entre os goleiros, e considera ambos capazes de defender a meta do clube das Laranjeiras com destreza.

– O Diego é um goleiro tradicional, fecha o gol. O Julio Cesar é mais técnico. Joga com a bola no chão, bola nos pés, joga adiantado – afirmou o comandante.

Após duas semanas sem aparecer no gramado, Diego Cavalieri voltou a correr no gramado na última sexta-feira, dia 23, e assim foi por toda essa semana. O camisa 12 ainda não tem data para retornar à partidas oficiais.

– Não vou te responder nenhuma (data). Na hora que derem sinal verde o Cavalieri volta (aos treinos), mas até agora não deram. O Fluminense é ótimo nessa parte. Recupera muito bem os jogadores – respondeu o comandante.