Peter Siemsen Assemblei Geral (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

Peter Siemsen Assemblei Geral (Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.)

LANCE!
28/08/2016
09:35
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense realizou neste sábado a votação da Assembleia Geral para adequação do estatuto às regras do Profut, Código Civil e Lei Pelé e os sócios do clube das Laranjeiras aprovaram, em maioria absoluta, as mudanças que permitirão o Tricolor poder trabalhar com projetos de incentivo à formação de atletas olímpicos, paralímpicos e também nas divisões de base. 

A Assembleia foi realizada na sede das Laranjeiras, e foi acompanhada por um representante do Ministério Público do Rio de Janeiro, que acompanhou toda a votação até seu desfecho, a proposta teve 11 votos contrários (1.81%), 1 voto nulo e 1 voto em branco. Foram 592 votos a favor (97,85%), num total de 605.

Ao site oficial do Fluminense, o presidente Peter Siemsen agradeceu aos sócios e comentou a importância da adequação do estatuto do clube das Laranjeiras.

- - Esta é uma adequação do estatuto para que o Fluminense possa receber verba pública de incentivo fiscal. Mostramos que estamos preparados e o clube recentemente conquistou o direito à verba em dois processos licitatórios do Ministério do Esporte, o primeiro para compra de equipamento para o esporte olímpico e o segundo para investimento no departamento de recursos humanos, também no olímpico. Neste último edital, fomos classificado em primeiro lugar, de todos os clubes do Brasil e na frente dos rivais cariocas.