Bragantino x São Paulo - Muricy Ramalho (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

Muricy Ramalho disse que terá autonomia no novo clube (Foto: Miguel Schincariol/ LANCE!Press)

RADAR / LANCE!
30/11/2015
14:00
Itu (SP)

Muricy Ramalho já tem novo clube para 2016. Em entrevista ao programa "Bate-Bola", da ESPN, após um evento no qual participou em Itu, nesta segunda-feira, o treinador revelou que foi procurado por quatro grandes, mas detalhou que a possibilidade de participar da reestruturação de um clube pesou no acerto. Segundo o LANCE! apurou, ele tem negociações avançadas com o Flamengo.

- Coloquei na mesa algumas ideias, falei que acho necessário ter uma parceria do treinador com todas as áreas e a profissionalização dos clubes. Após muitas conversas, defini pelo clube que precisa mais de mim.

O treinador detalhou algumas de suas expectativas para trabalhar em seu novo destino:

- Optei pelo clube no qual terei autonomia e liberdade para unificar todas as categoria de base, e achar um modelo.  Isso falta ao futebol brasileiro. Não é o técnico que vem e muda as regras.

Muricy disse que a autonomia para trabalhar no clube pesou em relação à questão salarial:

- Vou ganhar menos, mas terei liberdade e autonomia e em uma equipe organizada e correta. Iria fazer este trabalho no São Paulo, mas fiquei doente, e farei isso no meu proximo clube. Claro que sempre vou trabalhar com o resultado, pois se não tem resultado não dá certo. 

O treinador estabeleceu um prazo para anunciar seu novo destino:

- Acho que não é legal divulgar, pois sempre tem profissional nesses clubes. Demorei para decidir e havia motivos no futebol. É normal conversar um time que tem técnico, mas não acho legal anunciar logo. Vamos esperar mais uma semana.

Muricy Ramalho evitou falar sobre as equipes que entraram em contato com ele neste período:

- Quatro grandes me procuraram, mas não são grandes. São muito grandes. Não gosto de falar quem me procurou, e dizer que não acertei. Fica chato para o dirigente e para o profissional, pois aí dizem que ele foi um "plano B", o que é uma bobagem. Não falo do que não aconteceu, e o acerto desses clubes não tem a ver comigo.