João Matheus Ferreira
17/01/2016
12:00
Enviado especial a Mangaratiba (RJ)

O Flamengo lançou na manhã deste domingo, a nova terceira camisa para 2016. Ao contrário de publicar foto no site ou fazer um evento para apresentar o uniforme, a diretoria aceitou a ideia da Adidas, fornecedora de material esportivo do clube, e resolveu mostrar primeiramente através de um canal no Youtube, com participação do funkeiro Nego do Borel. O objetivo da camisa, toda preta, é homenagear o urubu, mascote do clube.

O vídeo gerou muita polêmica entre os torcedores, principalmente por conta de um dos personagens, um paulista que interpreta um boliviano, se referir ao clube como "Framengo". No fim da manhã, o Rubro-Negro também colocou as fotos em redes sociais e nos site. Os modelos escolhidos foram Paulo Victor, Mancuello, Guerrero e Emerson Sheik.

Durante a tarde, o Flamengo publicou um comunicado nas redes sociais:

"Fala, Nação! O Clube de Regatas do Flamengo tem alguns pontos pra esclarecer sobre o vídeo de divulgação do canal Desimpedidos:
1. Como algumas pessoas já sabem, o vídeo não foi encomendado ou contratado pelo clube.
2. Não houve qualquer participação do clube na criação, elaboração ou edição do material.
3. O clube apenas cedeu espaço e pessoal para facilidade de produção como gentilmente costuma fazer com diversos veículos de comunicação.
4. Os termos ou detalhes que causaram polêmica, sobretudo no Twitter, não estavam previstos no roteiro que o clube aprovou.
5. Apesar de o vídeo ter 96% de aprovação, já solicitamos aos responsáveis que sejam tomadas medidas para reverter qualquer má impressão e que casos assim não voltem a ocorrer.
6. Aqui entre nós: a camisa é LINDA!"


VEJA O VÍDEO DO LANÇAMENTO DA CAMISA: