LANCE!
26/05/2016
01:21
Rio de Janeiro (RJ)

Não há confirmação oficial, mas Muricy Ramalho está muito próximo de deixar o Flamengo. Em meio à crise do futebol rubro-negro, há pressa por um comandante, mesmo com respeito à condição do treinador. O técnico está em São Paulo, onde ainda é submetido a uma série de exames e aguarda a chegada de seu médico pessoal, que está no exterior, para definir se segue ou não com a carreira. De qualquer maneira, ele deve optar por encerrar o vínculo com o Flamengo em comum acordo com o clube.  Por conta disso,  o departamento  de futebol do Rubro-Negro  pouco dormiu durante a madrugada e desde o início da manhã desta quinta-feira está reunido para definir o novo treinador. Abel é o primeiro nome da lista. 

Muricy sofreu uma arritmia cardíaca no último dia 17 e, desde então, está afastado do Flamengo. Ele tem contrato com o clube até o fim de 2017, mas isso não deve ser problema para o fim do vínculo, sem que o Flamengo tenha de arcar com a rescisão de cerca de R$ 7,5 milhões.

A informação da possível saída de Muricy Ramalho foi anunciada inicialmente pelo Uol. O Flamengo ainda não se manifestou publicamente, mas a tendência é que o anúncio oficial seja feito nesta quinta-feira.

Muricy chegou ao Flamengo em dezembro do ano passado. Ele comandou a equipe em 26 jogos, com 13 vitórias, seis empates e sete derrotas.

Até o momento, Abel Braga é o nome para o comando. O treinador não chega a ser uma unanimidade no clube, mas surge como uma opção capaz de mexer com o ânimo do grupo. Nesta quarta-feira, o Flamengo empatou em 2 a 2 com a Chapecoense, em Volta Redonda, e o auxiliar técnico Jayme de Almeida comentou que o time está inseguro. 

Um grande empecilho para a chegada de Abel é um acordo que ele fez com Celso Barros, provável candidato à presidência do Fluminense, ao fim desta temporada. Em caso de vitória do empresário no pleito, o treinador assumiria o comando da equipe. Por isso, se aceitar a missão de dirigir o Flamengo, Abel estará, automaticamente, descartando a possibilidade de voltar ao Tricolor das Laranjeiras.  E há ainda um segundo empecilho. Abel   fez um acordo com seu ex-clube, o Al Jazira (do Emirados Árabes) no qual não assumiria clube algum antes de julho. O treinador e o Flamengo precisariam conversar com os árabes para conseguir cancelar este acordo.