Cristóvão Borges reunido com o elenco do Corinthians no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr)

Cristóvão Borges e elenco corintiano têm desafios (Foto: Daniel Augusto Jr)

Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro
05/08/2016
07:00
São Paulo (SP)

Após a derrota para o Atlético-PR e a consequente perda da liderança do Brasileirão, o Corinthians tem agora desafios para retomar a ponta da tabela. Além, é claro, de superar o Santos na tabela, o Timão tem outros empecilhos para voltar à primeira colocação.

O técnico Cristóvão Borges poderá ser obrigado a mudar a escalação da equipe para o duelo com o Cruzeiro, na segunda-feira. O meia Marquinhos Gabriel, que vem de 18 jogos como titular, sentiu dores nas costas contra o Atlético-PR e passará por exame nesta sexta, no CT Joaquim Grava. Sem ele, Guilherme, Luciano, Lucca, Marlone e Rildo brigam pela posição. Por outro lado, André volta após cumprir suspensão.

As mudanças na equipe podem atrapalhar os planos de Cristóvão de melhorar a eficiência do ataque. Na última quarta-feira, foi a primeira vez que o Corinthians passou em branco nos nove jogos do treinador.

Um “desfalque” certo para o jogo contra o Cruzeiro é a Arena Corinthians, que está à disposição da organização da Olimpíada. O Timão tem seis vitórias e três empates em seu estádio neste Brasileirão. Além disso, a equipe não perde em Itaquera desde agosto do ano passado, quando caiu diante do Santos, nas oitavas da Copa do Brasil.

Outro problema extracampo pode ser a saída de Bruno Henrique, que está na mira do Torino (ITA). O volante é quem mais atuou pelo Timão na temporada, com 38 jogos, e tem quatro gols.

Para completar os desafios, Cristóvão ainda carrega questionamentos da torcida alvinegra. O próprio treinador admitiu em entrevista recente que as críticas aumentarão com a falta de bons resultados.

O alento é que o time terá uma semana para trabalhar, já que o confronto com o Cruzeiro será realizado apenas na próxima segunda-feira.