Guilherme marcou o gol da vitória corintiana sobre o Santa Fe em duelo na Arena (Foto: Daniel Augusto Jr)

Guilherme marcou o gol da vitória corintiana sobre o Santa Fe em duelo na Arena (Foto: Daniel Augusto Jr)

LANCE!
22/03/2016
09:30
São Paulo (SP)

O Corinthians terá de esperar pouco mais de duas semanas até voltar a campo pela Libertadores. No dia 6 de abril, o Timão tentará garantir a classificação para a fase de mata-mata em duelo contra o Santa Fe (COL), em Bogotá. O tempo até lá será usado de maneira distintas pelas equipes. Enquanto os brasileiros vivem ótimo momento e tentarão manter o ritmo, os colombianos enfrentam crise e tentarão se reerguer sob novo comando.

O técnico Gerardo Pelusso deixou o comando do Santa Fe no último fim de semana após desavença com o meia Omar Pérez, ídolo do clube que chegou a criticar o treinador nas redes sociais por sentir-se menosprezado.  O entrevero seguido de derrota no clássico para o Millonarios foi fatal e culminou com a saída do comandante da equipe.

Enquanto isso, o Corinthians, líder geral do Paulistão e primeiro colocado do Grupo 8 da Libertadores, tenta conter a euforia, seguir crescendo e sem perder o foco. Por isso, está proibido pensar em outra coisa que não seja o campeonato estadual pelos lados do Parque São Jorge.

- A gente não está nem pensando em Libertadores. trabalhamos aqui por etapas, sabemos que vai ser um jogo importantíssimo, mas esse é nosso estilo de trabalho. Não estamos pensando lá ainda porque o foco é o Paulista. Quando chegar a vez da Libertadores vamos dar total atenção e o pessoal vai dar as informações - afirmou o goleiro Cássio.

Antes de encarar o Santa Fe o Timão irá a campo contra São Bernardo, Ituano, Ponte Preta e Palmeiras. O Dérbi ocorrerá três dias antes do duelo do torneio sul-americano.

- O Corinthians nunca tem semana tranquila, mas estamos bem, temos de continuar nessa pegada de jogos, jogando bem, independente de ser Paulistão ou Libertadores. Não é à toa que estamos tendo essa campanha - completou o camisa 12.