Sebástian Blanco

Blanco é visto pelo Corinthians como possível substituto de Jadson (Foto: Reoprodução/Instagram/San Lorenzo)

Bruno Cassucci
22/01/2016
16:24
Enviado especial a Orlando (EUA)

A segunda investida do Corinthians pelo meia Sebastián Blanco não teve sucesso. O San Lorenzo não aceitou a oferta de 3 milhões de dólares (quase R$ 13 milhões) e pede mais para liberá-lo, mas o Timão ainda confia em um acerto. Para isso, o clube de Parque São Jorge pode subir os valores ou propor um outro modelo de negócio.

Nos Estados Unidos, onde o Timão realiza pré-temporada, dirigentes negam até mesmo a negociação. Dizem que tudo não passou de uma consulta ao San Lorenzo pelo atleta. Já os argentinos admitiram as propostas por meio de assessoria de imprensa ao LANCE!, assim como Martín Gustadiseño, agente do jogador.

Uma condição para que a transferência seja viabilizada já está definida: o clube argentino só aceita negociar 100% dos direitos do jogador. A primeira proposta alvinegra foi por metade, condição prontamente recusada pela equipe do bairro de Boedo. A segunda, embora tenha sido pelo total dos direitos, não agradou financeiramente.

A vontade do jogador em defender o Corinthians é uma das armas da cúpula alvinegra nas tratativas.

- Sei que estou em um elenco competitivo e estou pensando amplamente nisso. Mas é uma oferta formal e, assim, a gente tem que sentar e conversar. É preciso saber o pensamento deles e analisar várias situações. A transferência é questão de ver o que se acerta entre os clubes - disse o atleta, em entrevista recente.

Aos 27 anos, Blanco foi revelado pelo Lanús e passou por Metalist, da Ucrânia, e West Brom, da Inglaterra. Ano passado, ele enfrentou o Timão na primeira fase da Libertadores e agradou a comissão técnica corintana.