Bruno Cassucci
16/01/2016
17:00
Enviado especial a Orlando (EUA)

É praticamente impossível não notar o enorme caminhão de Ricardo Soares Machado, de 46 anos, brasileiro que vive nos Estados Unidos há quase 15 anos. E não apenas pelo tamanho do último modelo Freightliner, mas também pelos adereços no veículo. Ao lado da boleia, na frente e até dentro dele, há o escudo do Corinthians. O distintivo, contudo, não é o original e conta com uma modificação: a foto do Tio Sam, personagem símbolo dos EUA, seguida da inscrição "Fiel USA" (sigla em inglês do país).

Torcedor apaixonado do clube de Parque São Jorge, Ricardinho, como é conhecido, decidiu homenagear o clube de coração em seu ramo de negócios. Por isso, não só decorou o seu instrumento de trabalho, como deu o nome de Fiel USA à sua empresa.

Para ver de perto a estreia do Corinthians na Florida Cup, ele viajou durante quase dois dias desde Boston até o Sul do país. O fanático estará nas três partidas que o Timão realizará nesta pré-temporada nos Estados Unidos, contra Atlético-MG, Shakhtar (UCR) e o Fort Lauderdale Strikers (EUA).

- Já tinha vindo à Florida quando a equipe veio para cá em 2015 e agora não foi diferente - conta o torcedor, que esteve no hotel em que o Timão está hospedado em Orlando na manhã deste sábado.

Ricardinho conta que mandou confeccionar camisas com o escudo do clube e que as distribui para quem lhe pergunta sobre o Corinthians. O assédio nas estradas pela América também é grande:

- Toda hora alguém passa por mim e buzina ou grita "vai, Corinhians". É até perigoso (risos). Quando algum americano me pergunta o que é esse símbolo, eu falo que é o distintivo do melhor e maior clube do Brasil.