LANCE!
28/04/2016
00:59
São Paulo (SP)

O placar zerado na partida entre Nacional (URU) e Corinthians, na noite desta quarta-feira, no Parque Central, permite aos uruguaios avançar às quartas de final da Libertadores com qualquer empate no jogo de volta na Arena, desde que balance a rede. Apesar da suposta vantagem do time de Montevidéu, o goleiro Cássio saiu de campo satisfeito com o resultado. 

— Claro que viemos buscar a vitória, mas infelizmente não conseguimos. É comemorar, porque se perdêssemos, ficaria muito complicado para reverter em casa. O resultado foi não tomar gol. Se não dá para ganhar, não se perde também — afirmou o arqueiro, que realizou duas defesas difíceis, segundo o Footstats, e foi eleito o melhor em campo pela organização do torneio. 


Cássio deu ainda mais valor ao empate porque ele sucedeu a queda para o Osasco Audax na semifinal do Campeonato Paulista, no fim de semana. O camisa 12 crê que o elenco foi capaz de deixar o revés no passado e voltar as atenções para a busca do bi continental. 

— A gente sai satisfeito, porque vem de uma eliminação. Todo mundo ficou muito triste com a saída do Paulista, me cobrei por não ter conseguido pegar nenhum pênalti, mas já passei por muitas coisas aqui no Corinthians, e tentamos passar tranquilidade. A gente lutou, brigou, foi eliminado. Absorvemos bem, hoje entramos com espírito de Libertadores. Não tivemos muitas chances de gol, mas brigamos até o final — avaliou. 

O confronto decisivo contra o Nacional será na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília). Cássio aposta na força da presença da Fiel e no clima mais ameno de São Paulo para assegurar a vaga alvinegra na próxima fase. 

— Não precisa nem pedir, temos certeza que nosso estádio irá lotar, nossa torcida vai criar todo aquele ambiente, e nossa equipe, dentro de campo, vai fazer uma grande partida para buscar essa classificação. A situação climática vai ser diferente, o estado do gramado também. Com todo respeito ao Nacional, vamos tentar fazer um grande jogo em casa e garantir nossa vaga — completou.