Treino Corinthians Yago (foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

Yago não deve deixar time titular do Timão por enquanto (foto:Daniel Augusto Jr/Corinthians)

LANCE!
01/05/2016
14:36
São Paulo (SP)

Antes prevista para esta segunda-feira, a contraprova do exame antidoping de Yago, zagueiro do Corinthians, será divulgada apenas na quinta-feira. Desta forma, o jogador não terá problemas para enfrentar o Nacional (URU), quarta-feira, na Arena, no duelo de volta das oitavas de final da Libertadores.

Caso a contraprova for positiva, Yago será afastado preventivamente por 30 dias dos gramados, enquanto aguarda julgamento. O paraguaio Balbuena desponta como principal candidato a substituí-lo em caso de suspensão.

O adiamento da divulgação do resultado foi uma decisão da Comissão Antidopagem da Federação Paulista de Futebol e do laboratório que realiza o procedimento em Los Angeles (EUA).

Yago foi flagrado no doping na primeira fase do Paulistão, em clássico contra o Santos. Como o clube até já assumiu ter aplicado medicação com substância proibida, a tendência é que a contraprova seja positiva. 

A defesa do Corinthians se baseia no fato de que a substância betametasona, que faz parte de um medicamento de ação anti-inflamatória para combater dores no joelho, é proibida pelo Regulamento de Controle de Dopagem da CBF e pela WADA (Agência Mundial de Dopagem), mas apenas por via oral, intramuscular, intravenosa ou retal. No caso de Yago, a medicação foi administrada de forma intra-articular, método permitido pela WADA.