Corinthians x Novorizontino

Corinthians vem de dez vitórias consecutivas em seu estádio (Foto: Eduardo Viana/Lancepress!)

Bruno Cassucci e Rodrigo Vessoni
13/04/2016
06:20
São Paulo (SP)

A força do Corinthians na Arena é praticamente indiscutível. O clube vem de dez vitórias seguidas no estádio e tem aproveitamento de 82% em Itaquera na história. E neste sábado, contra o Red Bull Brasil, pelas quartas de final do Paulistão, a equipe terá ainda um “aditivo”. O Timão chegou a um acordo com o clube de Campinas e deslocará a torcida visitante para as cadeiras do setor Oeste Superior, deixando a parte Sul (atrás do gol) totalmente para a Fiel.

Dessa forma, o clube conseguirá ganhar espaço e, assim, vender mais ingressos, já que não precisará utilizar as divisórias que ficam habitualmente no setor Sul. A pressão também tende a aumentar, já que toda a parte inferior da Arena será tomada pelos corintianos.

Tal divisão dos setores será repetida no duelo contra o Cobresal (CHI), na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores.

O Red Bull terá direito a 700 ingressos. E teme que até esta pequena carga seja dominada pelos corintianos. O clube do interior cogitou iniciar a venda das entradas antecipadamente, mas para evitar que os donos da casa comprassem o espaço dos visitantes decidiu postergar a comercialização. Uma reunião na quinta entre as duas diretorias decidirá como será venda.

Com o “caldeirão”, o Corinthians tentará acabar com dois fantasmas. O primeiro é o do mau aproveitamento na Arena em jogos eliminatórios. O clube foi eliminado no Paulistão, na Libertadores e na Copa do Brasil de 2015 em Itaquera – embora antes tenha vencido Bragantino, Ponte Preta e Atlético-MG em mata-matas no local.

A outra “zica” que o Timão tenta pôr fim envolve o Red Bull. O Toro Loko, como é conhecido, é um dos três times que visitaram Itaquera e conseguiram sair sem sofrer gols (os outros são Guaraní-PAR e San Lorenzo-ARG). O único duelo entre as equipes no local, em 2015, acabou empatado por 0 a 0.

TODOS OS MATA-MATAS DA ARENA

Bragantino
Após perder por 1 a 0 na ida, Timão venceu por 3 a 1 na Arena e avançou às quartas de final da Copa do Brasil 2014.

Atlético-MG
Corinthians venceu por 2 a 0 na Arena, abriu o placar no Mineirão, mas perdeu por 4 a 1 e foi eliminado da Copa do Brasil 2014.

Ponte Preta
Timão venceu na Arena por 1 a 0 e avançou para a semifinal do Paulistão 2015.

Palmeiras
O clássico terminou empatado por 2 a 2 na Arena, e vaga na final do Paulistão 2015 foi decidida nos pênaltis. O Palmeiras acabou vencendo por 6 a 5 nas penalidades.

Guaraní-PAR
Após ser derrotado por 2 a 0 em Assunção (PAR), o Corinthians teve dois expulsos na Arena e perdeu por 1 a 0 o jogo de volta das oitavas da Libertadores 2015.

Santos
Após derrota por 2 a 0 na Vila Belmiro, o Corinthians perdeu por 2 a 1 na Arena e foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil 2015.