Guilherme Amaro
13/09/2016
09:00
São Paulo (SP)

Corinthians e Botafogo iniciam nesta terça-feira, às 17h, a final do Campeonato Brasileiro Sub-20. A partida será no Estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro. Após o vice na Copa São Paulo de Futebol Júnior com o Timão, o atacante Léo Jabá disse que os jogadores estão motivados para a decisão e de olho em uma vaga no elenco principal.

Aos 18 anos, Léo Jabá espera por uma oportunidade no grupo do técnico Cristóvão Borges. A expectativa do elenco sub-20 aumentou após o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, dar pistas de que jogadores devem ser promovidos.

- Vimos as matérias (da entrevista de Alessandro), mas o nosso foco está nessa final. Se for para alguém subir, eles vão saber no momento certo e temos de estar preparados. É algo que a gente conversa, mas que não pode nos atrapalhar em uma hora tão importante como essa - disse Léo Jabá.

- Sabemos que todos vão parar para assistir a esses dois jogos da final, então precisamos estar concentrados para fazer o que sabemos, que é jogar o simples e com alegria. Independentemente do título, a base já mostrou que tem qualidade e que muitos podem ser utilizados, em um futuro próximo, no profissional - acrescentou.

A decisão será na próxima terça-feira, às 19h, na Arena Corinthians. Por isso, Léo Jabá não esconde a motivação do elenco em poder conquistar um título em Itaquera.

- Muda tudo (jogar na Arena), porque vamos estar na nossa casa, com familiares e a força da nossa torcida. Isso vai fazer a diferença, vão nos empurrar, como já aconteceu na semifinal, na Arena, e na final, no Pacaembu, da Copinha. Ter a torcida a nosso favor é sempre bom, mas dentro de campo temos que fazer a nossa parte - analisou o atacante.

Confira abaixo a entrevista com Léo Jabá:

Como vê a diferença entre as finais da Copinha e do Brasileiro Sub-20?
Não vejo diferença, já que são as duas competição mais equilibradas na base. Fico honrado em disputar uma final inédita e isso mostra a força do nosso grupo, sempre chegando nas finais dos torneios.

Acha que o time evoluiu com o vice da Copinha para essa final?
Evoluímos, sim. Do grupo da Copinha nós tivemos alguns jogadores que subiram para profissional ou saíram. Mas o importante é que da final da Copinha para a do Brasileiro o time está com o mesmo foco de ser campeão.

Tem uma pressão a mais depois de ter sido vice no último torneio?
Pressão temos todos os dias que vestimos essa camisa. Pela grandeza do clube, desde pequeno temos cobrança em vencer todos os jogos que disputamos. Não vejo pressão por termos sido vice na Copinha, mas como mais uma motivação a mais para dar orgulho à torcida. Infelizmente, não fizemos a festa com o troféu na Copinha, mas se Deus quiser dessa vez vamos poder dar essa alegria a eles.

E em relação a você. Como analisa seu momento no time?
Na minha visão vejo eu nos melhores momentos dentro do clube. Confiança é tudo e o pessoal me passa essa tranquilidade. Meus companheiros de equipe, comissão técnica, todos do clube. Fica bem mais fácil de jogar meu futebol, mas quero poder coroar essa confiança com esse título inédito para o clube.

Como analisa o trabalho do Osmar Loss, técnico do sub-20?
Tive o privilégio de subir com ele já no ano passado, quando me subiu do sub-17. Ele sempre me deu toda tranquilidade e conselhos, já que o 17 é muito diferente do 20. As coisas comigo aconteceram muito rápido com 16 anos ele me puxou por sub-20 e já estava jogando como titular. Também agradeço ao Marcio, treinador do sub-17, que na época me ajudou também a chegar ao profissional e estrear. Todo mundo sabe a qualidade do Osmar e não é a toa que a maioria dos torneios que ele disputa está sempre chegando nas finais. Um cara honesto, que sempre procura ajudar seus atletas, com conselhos e ensinamentos.

Acompanha o trabalho do Cristóvão Borges? Como tem visto?
Infelizmente, ainda não tive a oportunidade de treinar com ele, mas pelo que acompanho de longe e ouço o trabalho é bom. É um treinador que tem experiência, que chegou tem pouco tempo, mas tem conseguido manter o Corinthians entre os primeiros colocados.