Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro
13/09/2016
06:15
São Paulo (SP)

O torcedor corintiano já está “vacinado”. Se o time está bem no primeiro tempo, vem sofrimento no segundo. Mas se o início é ruim, as esperanças se renovam depois do intervalo. Virou rotina o Timão atuar bem somente em uma parte dos jogos, fato que está comprometendo o desempenho da equipe no returno do Brasileirão e colaborou para que o líder Palmeiras abrisse sete pontos de vantagem.

Contra o Santos, no último domingo, foi assim. Depois de fazer 1 a 0 na primeira etapa e criar oportunidades para ampliar o placar, o Corinthians se retraiu, foi pressionado e sofreu a virada. Contra o Grêmio, na 20ª rodada, o Timão também apresentou bom desempenho na primeira etapa, teve oportunidades de marcar, mas caiu de rendimento nos 45 minutos finais e perdeu por 3 a 0.

Em outros confrontos, entretanto, jogar bem por apenas um tempo foi suficiente para o time de Cristóvão Borges. Foi desta forma contra Vitória e Sport, quando voltou melhor na etapa final e garantiu os três pontos, e também diante do Fluminense, pela Copa do Brasil, quando o Corinthians reagiu e arrancou o empate em 1 a 1, fora de casa.

Comissão técnica e jogadores do Timão já diagnosticaram esta sina e buscam uma maior regularidade dentro dos jogos o quanto antes.

– Temos de estar ligado os 90 minutos, o tempo todo. Não tem time bobo no Campeonato Brasileiro. O Grêmio foi lá em Curitiba e tomou de quatro, não podemos dar mole. Estamos aprendendo com tudo isso e a ideia é entrar ligado nos 90 minutos, senão qualquer deslize pode definir a partida – afirmou o meia Marlone, já projetando a partida contra o Coxa, amanhã, no Couto Pereira.

Com tantos altos e baixos, o Corinthians tem decepcionado no segundo turno. Terceira colocada após as 19 primeiras rodadas, a dois pontos do líder, a equipe é a 13ª colocada do returno. Mesmo assim, Cristóvão Borges segue esperançoso:

– Entendemos que a equipe melhorou em atuação, isso vem acontecendo nos últimos jogos e foi assim no primeiro tempo contra o Santos. Mas ainda precisamos da confirmação em termos de resultado. Seguindo assim, as coisas vão acontecer!