LANCE!
02/12/2016
07:00
São Paulo (SP)

A indefinição sobre disputar ou não a Libertadores de 2017 atrapalha o planejamento do Corinthians. Sem saber se jogará a principal competição continental no próximo ano, a diretoria tem dificuldades para definir o nível de reforços e, consequentemente de gastos, que terá.

Se conseguir entrar no G6 do Brasileirão na última rodada, o Timão contará com mais receitas na próxima temporada, o que permitirá a contratação de jogadores mais caros. Caso contrário, as limitações financeiras, que já são grandes, aumentarão ainda mais.

Em entrevista coletiva, o gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes, admitiu o impasse:

- Não tem como dizer que não há peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa pré-Libertadores, tanto pelo clube, por cada atleta, é importantíssimo disputar essa competição. O fato de termos levado essa decisão para a última rodada do Brasileiro nos deixa numa situação indeterminada. Precisamos saber se vamos disputar a Libertadores para ter um direcionamento, mas isso não significa ter uma equipe ruim ou não-competitiva. Sabemos das nossas dificuldades, independentemente de disputar a Libertadores ou não. Mas é óbvio que estar na Libertadores nos dará um peso a mais para trazer qualificação, ter um peso maior ainda - declarou.

Já Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão, adotou tom mais otimista:

- A gente tem uma situação mais saudável e tranquila com a vaga, e mais difícil sem. Envolve receitas, imagem, uma série de coisas. Sou confiante. Já vi o Corinthians em situação mais difícil. Esta é difícil? É, mas não tão difícil como alguns podem imaginar. Temos de ganhar e torcer por um tropeço - argumentou.

O Corinthians conseguirá se classificar para a Libertadores de 2017 se vencer o Cruzeiro, no Mineirão, e Atlético-PR ou Botafogo não vencerem seus jogos. A equipe paranaense encara o Flamengo, em casa, enquanto os cariocas visitam o Grêmio. Caso o Atlético-MG conquiste a Copa do Brasil, o Timão disputará a competição sul-americana mesmo que fique em sétimo lugar no Brasileirão.